Busca avançada
Ano de início
Entree

Metilenetetrahidrofolato redutase e timidilato sintase: analise farmacogenetica relativa ao metotrexato em pacientes com artrite reumatoide.

Resumo

A variabilidade interindividual na resposta à terapia medicamentosa e toxicidade das drogas usadas constitui uma realidade na prática médica. Tal variabilidade é devida, em grande parte aos fatores genéticos, que levam à alteração no metabolismo e/ou expressão de receptores e transportadores das mesmas. Uma das medicações bem estabelecidas para o tratamento da artrite reumatóide é o metotrexato. Este projeto focará o papel do polimorfismo gênico das enzimas metilenetetrahidrofolato redutase (MTHFR) e timidilato sintase (TS), na resposta de pacientes com artrite reumatóide ao metotrexato. Serão analisados 400 pacientes de 7 centros universitários em diversas regiões do país tomando-se em consideração a resposta terapêutica e a presença ou ausência de toxicidade relacionada ao metotrexato. Os resultados obtidos poderão eventualmente contribuir para o melhor entendimento da metabolização desse medicamento, abrindo possibilidades para a individualização da terapia, com vistas à redução dos efeitos colaterais e aumento de sua efetividade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALARCON, RENATA TRIGUEIRINHO; CORREA FERNANDES, ARTUR DA ROCHA; LAURINDO, IEDA MARIA; BERTOLO, MANOEL BARROS; PINHEIRO, GERALDO CASTELAR; ANDRADE, LUIS EDUARDO. Characterization of Cumulative Joint Damage Patterns in Patients with Rheumatoid Arthritis: A Clinical, Serological, and Gene Polymorphism Perspective. JOURNAL OF RHEUMATOLOGY, v. 42, n. 3, p. 405-412, MAR 2015. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.