Busca avançada
Ano de início
Entree

Importância de células regulatórias e seus produtos na imunomodulação induzida pela infecção murina experimental por Ascaris suun

Processo: 07/52939-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2007 - 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Maria Fernanda de Macedo Soares
Beneficiário:Maria Fernanda de Macedo Soares
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Asma  Imunomodulação  Inflamação 

Resumo

As infecções por hemintos têm elevado potencial de modular o sistema imune do hospedeiro, tomando a interação parasita-hospedeiro bastante complexa. Desde a década de 80, remos caracterizado proteínas presentes no extrato bruto de vermes adultos de Ascaris suum, investigando as respostas imunomodulatórias por elas induzidas. Assim, isolamos e caracterizamos duas proteínas, com atividades antagônicas sobre o sistema imune: (1) PAS-1 (presente nos diferentes estágios larvais do parasita), que suprime a resposta imune húmoral, DTH e a resposta inflamatória induzida por LPS e (2) APAS-3, proteína alergênica, que induz a produção de IgE, inflamação eosinofilica e hiperreatividade das vias aéreas em camundongos. Com relação aos mecanismos responsáveis pela imunossupressão induzida por PAS-1, embora em alguns modelos observamos que existe uma estimulação da produção de INF-γ e conseqüente diminuição da resposta imune Th2, o fato de PAS-1 agir tanto sobre uma resposta Th1 (DTH) quanto Th2 (inflamação eosinofílica pulmonar) sugere mecanismos regulatórios mais amplos, embora específicos. PAS-1 induz elevada produção e secreção IL-10 e TGF-ß, sugerindo a participação de células Treg nos mecanismos inibitórios, o que foi comprovado pela demonstração recente de que a transferência adotiva de células Treg (CD4+CD25+Foxp3+ e CD8+), provenientes de animais imunizados com PDS-1 transfere para animais normais a supressão da inflamação alérgica pulmonar induzida por OVA, Tendo em vista a importância dos esclarecimentos dos mecanismos de imunoregulação de infecções helmínticas, neste projeto propomos estudar o efeito da infecção experimental por Ascaris suum sobre a resposta inflamatória (inflamação alérgica pulmonar e inflamação induzida por LPS), enfocando a participação de células T regulatórias. (AU)