Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura genética de populações de anfíbios em fragmentos florestais remanescentes do noroeste paulista

Processo: 07/53951-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2007 - 31 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Eliana Morielle Versute
Beneficiário:Eliana Morielle Versute
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Amphibia  Conservação  Bibliotecas  Repetições de microssatélites  Marcador molecular 

Resumo

Os anfíbios têm experimentado atualmente um grande declínio em suas populações naturais, em conseqüência de diversos fatores que afetam diretamente suas comunidades. Os programas de preservação atuam na recuperação de populações ameaçadas, e, em geral estão baseados na manutenção da máxima quantidade de diversidade genética com o mínimo incremento possível de consangüinidade por geração, assim sendo, a primeira etapa de um programa conservacionista de sucesso, consiste na avaliação da variabilidade genética e distribuição desta entre as populações. A estruturação gênica populacional dos organismos, estimada a partir de técnicas de biologia molecular é um aspecto fundamental na caracterização da adaptabilidade das espécies aos ambientes. Particularmente os marcadores moleculares do tipo microssatélite tem acessado com êxito a variabilidade genética das populações. O projeto proposto tem como objetivo a criação de bibliotecas enriquecidas em seqüências de microssatélites de três espécies, assim como a caracterização e comparação da variabilidade genética das populações dessas espécies provenientes de seis fragmentos (com diferentes níveis de conservação) de florestas estacionais semidecíduas do Noroeste Paulista, através da análise de marcadores moleculares do tipo microssatélite. Os resultados, em conjunto com outros dados que serão obtidos dentro do projeto temático BIOTA/FAPESP (Fauna e flora de fragmentos florestais remanescentes no Noroeste Paulista: base para o estudo de conservação da biodiversidade PROC 04/04820-3), poderão proporcionar uma compreensão detalhada do papel da fragmentação ambiental para os anfíbios, assim como a seleção e priorização de espécies a serem conservadas, fornecendo dados que serão utilizados no planejamento e manejo da conservação dessas populações. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.