Busca avançada
Ano de início
Entree

Cariotipo eletroforetico de sporothrix schenckil: polimorfismo cromossomico, mapeamento de genes com sondas homologas e analise de sequencias repetidas no genoma.

Resumo

Estudos genéticos e de organização genômica de Sporothrix schenckii são poucos e têm sido dificultados por características do microrganismo tais como, o desconhecimento de estágio sexual (ou teleomórfico) do fungo que inviabiliza a realização de estudos genéticos clássicos. O emprego das técnicas de biologia molecular tem sido utilizado com êxito em outros fungos, possibilitando a caracterização cromossômica, mapeamento cromossômico de genes e biotipagem epidemiológica. A separação eletroforética de cromossomos tem sido utilizada no estudo de S. schenckii e até o momento, conseguiu-se separar moléculas de DNA cromossômico de 8 isolados japoneses. Entretanto, são poucos os trabalhos sobre cariótipo de S. schenckii, e ainda não há estudos de mapeamento cromossômico de genes, análise dos grupos de ligação desses genes e estudo sobre seqüências repetidas no genoma deste fungo. Este trabalho visa justamente este estudo detalhado do genoma desse patógeno. (AU)