Busca avançada
Ano de início
Entree

Extratos de plantas nativas do brasil como manipuladores de fermentacao ruminal.

Processo: 07/54435-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2007 - 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Alexandre Vaz Pires
Beneficiário:Alexandre Vaz Pires
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Metano  Fermentação ruminal  Plantas medicinais 

Resumo

Ionóforos são considerados antibióticos, o que faz crescer a preocupação da sociedade com suar utilização na produção animal, tendo seu uso banido na Europa como promotor de crescimento. Plantas medicinais possuem grande potencial de utilização na nutrição de ruminantes e, devido aos seus efeitos antimicrobianos, podem ser empregadas com o intuito de manipular a fermentação ruminal. Foram selecionadas 12 plantas medicinais brasileiras cujos efeitos antimicrobianos já foram constatados em outras áreas do conhecimento, sendo elas: copaíba (Copaifera langsdorffii), guaçatonga (Casearia sylvestris), barbatimão (Stryphnodendron adstringens), salicina (Cordia verbenacea), folha-da-fortuna (Bryophyllum pinnatum), aroeira (Schinus terebenthifolius), salva-de-marajó (Lippia origanoides), cassau (Aristolochia cymbifera), jalapa (Mirabilis jalapa), sucupira (Pterodon emarginatus), carqueja (Baccharis trimera) e erva-mate (Ilex paraguariensis). Serão realizados experimentos de produção de gás in vitro utilizando-se a técnica de Theodorou et al. (1994) adaptada para o sistema semi-automático de Maurício et al. (1999). Em cada experimento, serão conduzidos três ensaios em delineamento inteiramento casualizado em arranjo fatorial 12 (plantas) x 2 extratos x 4 (doses) com quatro repetições para cada tratamento. Serão testados, em experimentos separados, dois tipos de substratos, feno de "coastcross" e ração de confinamento com relação concentrado:volumoso de 80:20. As variáveis mensuradas serão: produção de gás, CH4, degradabilidade aparente da MS e MO, degradabilidade verdadeira da MS e MO, NH3, AGV, pH, contagem de protozoários e produção de proteína microbiana. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio: