Busca avançada
Ano de início
Entree

Terapia celular com transplantes autólogos de culturas de células dérmicas e epidérmicas e pele humana reconstruída ex vivo em pacientes portadores de queimaduras

Processo: 07/55063-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2007 - 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Maria Beatriz Puzzi
Beneficiário:Maria Beatriz Puzzi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Pele  Queimaduras  Fibroblastos  Queratinócitos  Melanócitos 

Resumo

A obtenção de pele humana, que apresente derme e epiderme associadas, reconstruída a partir de culturas de células isoladas do próprio paciente, possibilita a realização de transplantes autólogos de pele humana reconstruída "ex vivo" em pacientes portadores de queimaduras. A partir da cultura de fibroblastos humanos é possível obter um número suficiente de células que injetadas em uma matriz de colágeno e mantida imersa em meio de cultura, específico para fibroblastos, permite a formação de uma derme humana reconstruída "ex vivo". Sobre essa derme, através de culturas de queratinócitos e melanócitos humanos, forma-se uma epiderme diferenciada levando à formação de uma pele humana reconstruída "ex vivo", constituída de derme e epiderme associadas. Essa pele humana reconstruída é histológica e imunoistoquimicamente semelhante à pele humana "in vivo". Quando lesada, a pele se repara através da proliferação e crescimento das células da derme e/ou epiderme remanescentes. Em pacientes com queimaduras pode ocorrer destruição da derme e/ou dos elementos epidérmicos, resultando num processo de reparo lento e sujeito a complicações. As queimaduras podem levar os pacientes a hospitalização prolongada e significante morbidade onde o tratamento é freqüentemente um processo complexo, multidisciplinar. Visando solucionar o problema da necessidade de grande quantidade de pele para enxertos em portadores de queimaduras, com áreas doadoras escassas, será realizada terapia celular com transplantes autólogos de culturas de células dérmicas e epidérmicas e pele humana reconstruída "ex vivo". (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.