Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise e validadcao das medidas morfológicas da região da articulação têmporo-mandibular por meio de tomografia computadorizada por feixe cônico em cães braquicefálicos e mesaticefalicos. estudo in vitro

Processo: 07/55446-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2007 - 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Marco Antonio Gioso
Beneficiário:Marco Antonio Gioso
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Craniometria 

Resumo

As afecções que acometem a articulação têmporo-mandibular (ATM) em cães são relativamente freqüentes e os métodos diagnósticos baseiam-se quase que exclusivamente em exame radiográfico. Esta técnica, embora a mais empregada, nem sempre oferece informação suficiente para um diagnóstico conclusivo. Os trabalhos disponíveis sobre ATM e suas disfunções são pouco comuns na veterinária. Na odontologia humana, desde a década de 80, a tomografia computadorizada (TC) tem sido extensivamente utilizada, com intuito de oferecer diagnósticos mais precisos e terapias mais eficazes, melhorando o prognóstico desses pacientes e a conseqüente redução de seqüelas. Objetivo: analisar a morfologia macroscópica da cabeça da mandíbula e fossa mandibular, e suas possíveis variações; realizar as medidas craniométricas através da tomografia computadorizada por feixe cônico, padronizando, por meio das imagens obtidas, as medidas lineares da cabeça da mandíbula, ou seja, largura, comprimento e altura, bem como largura, comprimento e concavidade da fossa mandibular. Material e método: serão utilizados vinte crânios secos de animais braquicefálicos e mesaticefálicos, divididos igualmente, num total de quarenta articulações têmporo-mandibulares, que passarão por exame tomográfico por feixe cônico e posterior processamento das imagens, sendo comparadas, por método "duplo-cego" aos crânios secos ("padrão ouro"). (AU)