Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo prospectivo de capilaroscopia periungueal em crianças e adolescentes com doenças reumáticas e de videocapilaroscopia em crianças e adolescentes saudáveis

Processo: 07/55617-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2008 - 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Maria Teresa de Sande e Lemos Ramos Ascensão Terreri
Beneficiário:Maria Teresa de Sande e Lemos Ramos Ascensão Terreri
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dermatomiosite 

Resumo

A capilaroscopia periungueal (CPU) é um método diagnóstico simples, não invasivo e de baixo custo que permite o estudo in vivo do estado funcional e morfológico da rede capilar através da visualização direta da fileira distal de capilares da região periungueal dos dedos das mãos. Ela é usada para auxílio diagnóstico de doenças como esclerodermia, dermatomiosite, lupus eritematoso sistêmico e doença mista do tecido conjuntivo; para diferenciar doença ativa e inativa, principalmente na dermatomiosite e para distinguir o fenômeno de Raynaud primário do secundário. A maioria dos relatos de CPU tem sido qualitativa e semi-quantitativa. Trabalhos com métodos quantitativos (videocapilaroscopia - VCP) são raros principalmente na infância. Nosso objetivo foi: Determinar prospectivamente o valor da CPU semi-quantitativa para a evolução a longo prazo (em 2 avaliações com intervalo de 1 ano) e avaliar a intervenção terapêutica na dermatomiosite juvenil; Avaliar prospectivamente uma coorte de pacientes com fenômeno de Raynaud em relação aos sinais e sintomas, alterações laboratoriais e alterações capilaroscópicas sugestivas de colagenose para determinar o prognóstico e identificar os preditores de evolução além de distinguir o fenômeno de Raynaud primário do secundário. Caracterizar prospectivamente a CPU de pacientes com colagenoses (Lupus eritematoso sistêmico, Esclerodermia, Doença mista do tecido conjuntivo, Artrite idiopática juvenil) e relacioná-la com comprometimento clínico e laboratorial e atividade de doença; Padronização de VCP em crianças saudáveis. Foram avaliados 160 crianças e adolescentes com colagenoses e 40 com fenômeno de Raynaud através de avaliação clínica, laboratorial e CPU. A avaliação clínica foi feita através da anamnese e exame físico dando ênfase nas possíveis alterações cutâneas (espessamento da pele, sinal de Gottron, heliotropo, fotossensibilidade, hiperemia periungueal e FRy), calcinose, úlceras digitais, reabsorção de polpas digitais, artrite/artralgia, fraqueza muscular, alterações esofágicas (disfagia) e pulmonares (dispnéia), e avaliação de força muscular na DMJ. O escore de força muscular foi modificado do instrumento The Childhood Myositis Assessment Scale (CMAS), sendo a criação da força muscular entre 0 e 51 (Lovell et al., 1999). A avaliação laboratorial inclui hemograma, provas de fase aguda (VHS e PCR), enzimas musculares, auto-anticorpos (anticorpo antinuclear - ANA, fator reumatóide, anti-DNA, anti-ENA (antígenos nucleares extraíveis), anti-Sc170, anti-PM-Sc1, anti-centrómero, anti-cardiolipina) e complemento (CH50 e C2 hemolitico). Nos pacientes com esclerodermia sistêmica foram realizadas prova de função pulmonar, ecocardiograma e tomografia de tórax. A avaliação capilaroscópica foi realizada através de um microscópio óptico com aumentos de 10 e 16 vezes. A CPU foi considerada normal na presença de capilares dispostos paralelamente sem dismorfias capilares e ausência de áreas de deleção. A microangiopatia inespecifica foi definida como capilares ectasiados e outras alterações morfológicas na ausência de áreas de deleção. O padrão SD foi caracterizado pela presença de capilares ectasiados ou megacapilares e de áreas avasculares traduzindo deleção capilar. Foram avaliados 40 crianças e adolescentes saudáveis através da VCP. A VCP foi realizada com estereomicroscópio Olympus Trinocular com aumento de 100%, acoplado a uma câmera Digital colorida que transportou as imagens captadas pela CPU convencional para um computador onde estas foram armazenadas e posteriormente processadas. O programa usado para realização das medidas videomorfométricas foi o Image-Pro Plus version 6.0 (Copyright Media Cybernetics). As imagens obtidas no estereomicroscópio foram captadas no aumento de 100x e sempre da área periungueal mais central dos dedos (com exceção dos polegares), de modo a se obter o maior número de alças capilares passível. Utilizando-se o recurso measurements do programa lmage-Pro Plus foi possível, com o auxílio do mouse, fazer nas imagens captadas, medidas entre dois pontos previamente marcados para aferir o comprimento, a espessurado capilar e a distância entre dois capilares. Este relatório refere-se às atividades relacionadas ao desenvolvimento do projeto de pesquisa desenvolvidas no periodo de fevereiro de 2008 a julho de 2010 (projeto n° 07/55617-1). Comentaremos os resultados finais do estudo e a apresentação em congressos nacionais e internacionais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PIOTTO, DANIELA G. P.; HILARIO, MARIA O. E.; CARVALHO, NATALIA S.; LEN, CLAUDIO A.; ANDRADE, LUIS E. C.; TERRERI, MARIA T. R. A. Prospective Nailfold Capillaroscopy evaluation of Raynaud's phenomenon in children and adolescents. ACTA REUMATOLOGICA PORTUGUESA, v. 38, n. 2, p. 114-121, APR-JUN 2013. Citações Web of Science: 3.
DANIELA GERENT PETRY PIOTTO; CLÁUDIO ARNALDO LEN; MARIA ODETE ESTEVES HILÁRIO; MARIA TERESA RAMOS ASCENSÃO TERRERI. Capilaroscopia periungueal em crianças e adolescentes com doenças reumáticas. REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA, v. 52, n. 5, p. 727-732, Out. 2012.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.