Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica sedimentar atual da praia de Massaguaçú (SP): identificação dos processos que controlam o desenvolvimento acelerado dos fenômenos erosivos do arco praial

Resumo

São múltiplos os fatores indutores dos atuais fenômenos erosivos que atingem grande parte das linhas de costa mundiais. Os diversos estudos sobre a evolução dos litorais examinam e exploram as razões pelas quais a posição da linha de costa se altera de tempos em tempos como o resultado de mudanças globais (ex: variações do nível do mar, incremento da intensidade das tempestades), bem como dos impactos antropogênicos (ex: urbanização, mineração) sobre o balanço sedimentar. Muito embora alguns desses fatores possam ser considerados como elementos naturais, a maior parte é conseqüência direta, ou indireta, de interferência antropogênica sobre o ambiente praial, na tentativa de proteger ou condicionar a forma e as características dinâmicas dos ambientes costeiros. Processos costeiros em arcos praias (praias ria enseadas) cão dominados tanto por componentes ao longo da costa, como também através da costa. Neste tipo de costa, ambos os processos são pobremente conhecidos, particularmente quando se faz uma análise em larga escala. Um conhecimento preciso destes processos dinâmicos, das mudanças morfológicas e sedimentológicas resultará na definição de período de eventos de erosão e acresção, nas diferentes escalas temporais (instantânea, eventos, histórica e geológica). O arco praial de Massaguaçu localizado no município de Caraguatatuba, litoral norte do estado de São Paulo, vem sofrendo na última década um acelerado processo erosivo. Neste período, a face praial perdeu mais de 60 metros horizontais de largura, sendo que em alguns pontos, o recuo da praia atingiu o aterro da via expressa de ligação das cidades de Caraguatatuba e Ubatuba (SP55). O principal objetivo deste projeto é conhecer a evolução da linha de costa através de estudos de processos ao longo e através da costa, em diferentes escalas de tempo e espaço, associados a estudos sobre os impactos sócio-econômicos destas mudanças. Para alcançar este objetivo, no período de dois anos, serão analisadas as características hidrodinâmicas, sedimentares e morfológicas (morfodinâmica), e os impactos sócio-econômicos atuantes sobre o arco praial de Massaguaçu. (AU)