Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do efeito do hormônio tireoideano na estrutura e fisiologia óssea de camundongos com inativação dos genes dos adrenoceptores alfa 2A e alfa 2C

Processo: 10/06409-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2010 - 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Cecilia Helena de Azevedo Gouveia
Beneficiário:Cecilia Helena de Azevedo Gouveia
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Patricia Chakur Brum
Assunto(s):Osteologia  Sistema nervoso central  Sistema nervoso simpático  Doenças ósseas  Hormônios tireóideos  Receptores adrenérgicos 

Resumo

Um dos mais importantes achados dos últimos anos foi o de que o remodelamento ósseo está sujeito ao controle do sistema nervoso central (SNC), com o sistema nervoso simpático (SNS) agindo como efetor periférico. Uma série de estudos sugere que SNS regula negativamente a massa óssea, agindo exclusivamente via receptor beta2-adrenérgico (B2-AR), que é expresso em osteoblastos. Entretanto, um estudo recente do nosso grupo demonstrou que camundongos com dupla inativação dos genes dos receptores adrenérgicos alfa2A e o alfa2C (A2A/A2C-AR-/-) apresentam fenótipo de alta massa óssea (AMO), apesar de apresentarem hiperatividade simpática crônica e B2-AR intacto. Além disso, demonstramos que esses camundongos knockouts (KO = com inativação gênica) são resistentes à osteopenia induzida pelo excesso de hormônio tiroideano (HT). Vimos, ainda, que ambos os receptores (A2A-AR e A2C-AR) são expressos no osso de camundongos selvagens, que o A2A-AR é mais expresso que o A2C-AR, e que a expressão gênica do A2C-AR é regulada pelo HT. Esses achados sugerem fortemente que o (i) B2-AR não é o único adrenoceptor envolvido no controle do metabolismo ósseo e que (ii) o SNS interage com o HT para regular a massa óssea. Além disso, os nossos achados levantam as hipóteses de que (i) o A2A-AR e/ou A2C-AR também apresentam um papel importante na mediação das ações do SNS no esqueleto e que (ii) esses receptores estão envolvidos na interação do HT com o SNS para regular a massa e metabolismo ósseos. Neste projeto, temos como objetivos (i) avaliar se a inativação isolada do A2A-AR e do A2C-AR interfere na estrutura e fisiologia ósseas, caracterizando o fenótipo ósseo de camundongos A2A-AR-/- e A2C-AR-/-; e (ii) avaliar se a ação do HT no tecido ósseo depende do A2A-AR e/ou do A2C-AR, avaliando o efeito do HT na estrutura e fisiologia ósseas de camundongos A2A-AR-/- e A2C-AR-/-. Os estudos propostos poderão trazer novas informações a respeito da regulação central da fisiologia e estrutura ósseas, além de contribuírem para o entendimento dos mecanismos de ação do HT no tecido ósseo, o que poderá contribuir para novos avanços no tratamento de doenças ósseas, incluindo a osteoporose. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CRUZ GRECCO TEIXEIRA, MARILIA BIANCA; MARTINS, GISELE MIYAMURA; MIRANDA-RODRIGUES, MANUELA; DE ARAUJO, IASMIN FERREIRA; OLIVEIRA, RICARDO; BRUM, PATRICIA CHAKUR; AZEVEDO GOUVEIA, CECILIA HELENA. Lack of alpha(2C)-Adrenoceptor Results in Contrasting Phenotypes of Long Bones and Vertebra and Prevents the Thyrotoxicosis-Induced Osteopenia. PLoS One, v. 11, n. 1 JAN 27 2016. Citações Web of Science: 7.
FONSECA, TATIANA L.; TEIXEIRA, MARILIA B. C. G.; RODRIGUES-MIRANDA, MANUELA; SILVA, MARCOS V.; MARTINS, GISELE M.; COSTA, CRISTIANE C.; ARITA, DANIELLE Y.; PEREZ, JULIANA D.; CASARINI, DULCE E.; BRUM, PATRICIA C.; GOUVEIA, CECILIA H. A. Thyroid hormone interacts with the sympathetic nervous system to modulate bone mass and structure in young adult mice. AMERICAN JOURNAL OF PHYSIOLOGY-ENDOCRINOLOGY AND METABOLISM, v. 307, n. 4, p. E408-E418, AUG 15 2014. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.