Busca avançada
Ano de início
Entree

Métodos não convencionais de muda de penas visando o bem estar e níveis de metionina+cistina e de lisina sobre o desempenho, qualidade de ovos e aspectos morfofisiológicos de poedeiras comerciais

Processo: 09/51856-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2009 - 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Otto Mack Junqueira.
Beneficiário:Otto Mack Junqueira.
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Assunto(s):Aminoácidos  Bem-estar do animal  Morfometria  Densidade óssea 

Resumo

Serão realizados dois experimentos no Setor de Avicultura da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Campus de Jaboticabal. O objetivo será o de avaliar o desempenho, a qualidade dos ovos, as alterações morfofisiológicas e a densidade óssea de poedeiras comerciais. No primeiro experimento as aves serão submetidas a diferentes métodos de muda de penas e no segundo, as aves receberão rações com diferentes níveis de metionina+cistina e de lisina no período de descanso (28 dias após o período de muda). Em ambos os experimentos serão distribuídas 432 aves, com nove repetições, totalizando 54 parcelas de oito aves cada. No primeiro experimento será adotado um delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos (métodos de muda de penas) e no segundo experimento o delineamento estatístico será o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x3 (dois níveis de lisina e três níveis de metionina + cistina). Durante todo o experimento serão avaliados índices de desempenho, parâmetros morfofisiológicos, densitometria óssea e qualidade dos ovos. Em ambos os experimentos as análises estatísticas serão realizadas utilizando-se o programa Statistical Analysis System (SAS, 2002). Para o primeiro experimento, em caso de significância estatística, será adotado o procedimento de comparação das médias pelo Teste de Tukey a 5% de probabilidade. Para o segundo experimento, em caso de significância estatística, para os níveis de lisina e metionina + cistina digestível avaliados, será realizado o teste de regressão polinomial. (AU)