Busca avançada
Ano de início
Entree

Manejo integrado da ferrugem asiática da soja

Processo: 08/54224-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2009 - 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Maria Aparecida Pessôa da Cruz Centurion
Beneficiário:Maria Aparecida Pessôa da Cruz Centurion
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Phakopsora pachyrhizi  Cultivares  Controle químico 

Resumo

A ferrugem asiática da soja (Glycine max (L) Merrill), causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi (Sydow) foi considerada uma importante doença foliar da soja na Ásia, na África e na Austrália, com relatos de perdas de rendimento de 10 a 80%. Após constatação da ocorrência da doença, o controle químico com fungicidas é, ainda, o principal método de controle. Todavia, para que esse método tome-se eficiente, é fundamental que a aplicação do fungicida seja baseado em levantamento criterioso da ocorrência da doença na região e/ou na lavoura. Assim, o objetivo do trabalho é avaliar em duas cultivares de soja, uma de ciclo precoce e outra de ciclo médio (V Max e MG/BR-46 (Conquista)), duas épocas de semeadura (segundas quinzenas de outubro e novembro) e três populações de plantas (400,280 e 160 mil pl ha-1), os efeitos de doses reduzidas dos fungicidas azoxystrobina + ciproconazol (Priori Xtraa) + óleo mineral (Nimbus 0,5% v/v) e tebuconazol (Folicur 200 ECa) na severidade da ferrugem asiática, produtividade e qualidade das sementes. Serão realizadas as seguintes avaliações: estimativa da severidade de doença em diferentes estádios de desenvolvimento da soja, porcentagem de desfolha, deposição e cobertura da calda fungicida, área foliar e índice de área foliar, ciclo, número de nós e de ramos por planta, número de nós e comprimento do maior ramo, altura de plantas na maturidade, altura de inserção do primeiro legume, componentes da produtividade (número total de vagens por planta, porcentagem de vagens chochas, produtividade, massa de 100 grãos), qualidade do grão, determinação do conteúdo de clorofila e qualidade fisiológica das sementes (germinação, envelhecimento acelerado, condutividade elétrica e velocidade de germinação). Os resultados serão submetidos a análise estatística pelo teste F e as médias serão comparadas pelo teste Tukey a 5% de probabilidade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARBOSA, GISELLE FELICIANI; DA CRUZ CENTURION, MARIA APARECIDA PESSOA; FERREIRA, MARCELO DA COSTA; DA COSTA AGUIAR ALVES, PEDRO LUIS. FUNGICIDE SPRAY COVERAGE AND DEPOSITION IN SOYBEAN ASIAN RUST MANAGEMENT. BIOSCIENCE JOURNAL, v. 35, n. 5, p. 1422-1431, SEP-OCT 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.