Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao comparativa da expressao genica em embrioes e fetos bovinos do sexo feminino e masculino reconstituidos por diferentes protocolos de transferencia nuclear.

Resumo

Embora existam vários relatos de avanços na clonagem nos últimos anos, verifica-se ainda uma baixa eficiência desse procedimento. A enucleação oocitária é um fator chave que determina o sucesso da clonagem de animais, sendo que a enucleação química é um procedimento não-invasiva muito atrativo por causar mínima diminuição do volume citoplasmático e não exigir coloração no núcleo com corantes específicos de DNA e exposição à irradiação UV. Recentemente, tem-se observado variações no desenvolvimento de clones de diferentes sexos, verificando-se maior perda gestacional em clones do sexo feminino. Embora, muitas vezes os embriões reconstituídos com células somáticas não apresentem alterações morfológicas visíveis, tem-se observado um padrão inapropriado de expressão de alguns genes importantes no subseqüente desenvolvimento. Assim, o presente estudo objetiva determinar e comparar os padrões de expressão gênica de embriões e fetos clonados submetidos a diferentes técnicas de enucleação, reconstituídos em altos e baixos níveis de MPF, verificando-se a expressão de genes importantes ao desenvolvimento embrionário e fetal (Hsp 70.1 e Glut-1). Ainda, será investigada a reprogramação nuclear em clones do sexo feminino e masculino, especificamente de genes ligados ao cromossomo X (Xist e G6PD), contribuindo para um melhor entendimento de questões fundamentais no processo de clonagem, relacionadas às baixas taxas de desenvolvimento e sobrevivência embrionária e fetal. (AU)