Busca avançada
Ano de início
Entree

Selênio, zinco e manganês associados a moléculas orgânicas sobre desempenho e qualidade da carne de frangos de corte

Resumo

Várias pesquisas têm sido realizadas objetivando avaliar a biodisponibilidade das fontes de microminerais, partindo da idéia de que as fontes "orgânicas" ou complexadas são absorvidas e retidas com maior eficiência pelo organismo. O presente trabalho terá como objetivo avaliar o desempenho, a qualidade da carne, a resistência óssea e o empenamento de frangos de corte que serão arraçoados com dietas contendo selênio, zinco e manganês complexados ou não a moléculas orgânicas. Serão utilizados 1050 pintainhos machos de um dia de idade da linhagem Cobb, que serão criados até 42 dias de idade. Será utilizado um delineamento inteiramente casualizado, com 5 tratamentos e 7 repetições, com 30 aves por parcela experimental, as médias obtidas serão comparadas pelo teste de Tukey a 5% de significância, utilizando o GLM Procedure do SAS (1999). Os tratamentos experimentais serão: T1 - Ração suplementada com Se, Zn e Mn nas formas inorgânicas (controle); T2 - Ração suplementada com Se, Zn e Mn nas formas complexadas; T3, T4 e T5 - Ração suplementada com Se, Zn e Mn nas suas formas complexadas, respectivamente, e os demais microminerais na forma inorgânica. (AU)