Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do comportamento germinativo, da morfologia e do armazenamento de sementes de pinhão manso(Jatropha curcas l.)

Processo: 08/03695-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2008 - 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Elza Alves Corrêa
Beneficiário:Elza Alves Corrêa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Germinação  Morfologia vegetal  Pinhão manso  Sementes 

Resumo

O pinhão manso (Jatropha curcas L.) tem como principal forma de cultivo a utilização de sementes. Uma das determinações mais empregadas para avaliar o nível de qualidade de sementes é o teste padrão de germinação, realizado sob condições consideradas ideais de temperatura, umidade e substrato. Não foram encontrados em literatura científica, trabalhos relativos a testes padrão de germinação e de avaliação de vigor de sementes de pinhão manso. O estudo será conduzido no Laboratório de Análise e Fisiologia de Sementes da UNESP/Registro. Neste estudo, serão utilizadas sementes de dois acessos genéticos de pinhão manso, provenientes da empresa BioCapital Participações S/A, avaliando-se o comportamento germinativo sobre três substratos (papel germitest, areia lavada e vermiculita) e três regimes térmicos (25 e 30°C, constantes, e 20-30°C alternadas). Serão utilizadas quatro repetições de 25 sementes por tratamento e mantidas em germinadores regulados nas temperaturas correspondentes. Também será realizado na UNESP FCA- Campus de Botucatu o armazenamento de sementes (câmara seca e ambiente natural) por um período de 22 meses. Para a avaliação dos tratamentos relativos ao armazenamento será realizada, a cada quatro meses, as seguintes determinações: teor de água, germinação, comprimento de plântulas, massa seca das plântulas, índice de velocidade de germinação (IVG), tempo médio de germinação (TMG), velocidade média de germinação (VE), condutividade elétrica (CE) e emergência das plântulas em campo (avaliações no Campus de Registro). O delineamento experimental utilizado será o inteiramente casualizado, analisado estatisticamente em esquema fatorial 3 substratos x 3 temperaturas e 2 ambientes de armazenamento x 6 épocas de avaliações em quatro repetições para os experimentos 01 e 02, respectivamente (Figuras 01 e 02). As médias dos tratamentos serão comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. (AU)