Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao do processo de fitorremediacao de poluentes organicos (pcbs e pesticidas organoclorados) em amostras de solo utilizando sfe/hrgc/edc.

Processo: 08/53478-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2008 - 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Sandra Regina Rissato
Beneficiário:Sandra Regina Rissato
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Solos  Fitorremediação 

Resumo

Bifenilas policlorados (PCBs) e pesticidas organoclorados são compostos que não ocorrem naturalmente no ambiente e não são facilmente degradados química ou microbiologicamente. Seu estudo no ambiente é importante devido à sua persistência, toxicidade, lipossolubilidade e conseqüente biomagnificação. Por isso, representam a maioria dos poluentes orgânicos persistentes (POPs) considerados prioritários pela UNEP'\(United Nations Environmental Programme) e banidos ou restritos pela Convenção de Estocolmo, de maio de 2001. A proposta deste trabalho é avaliar a eficiência de um processo de fitorremediação de solos fortificados com compostos organoclorados e PCBs (POPs) utilizando diferentes espécies de plantas sob condições controladas (casa de vegetação). Para a avaliação dos POPs em amostras de solo e plantas serão desenvolvidas metodologias de extração convencional, SFE e "clean-up" por cromatografia líquida preparativa em colunas utilizando adsorventes ou por partição líquido-líquido. A identificação e quantificação dos compostos estudados serão realizadas por cromátografia gasosa de alta resolução acoplada a um detector de captura de elétrons (GC-ECD). Os resultados obtidos podem contribuir para aumentar as oportunidades de desenvolvimento de tecnologia nacional mediante estudos voltados para os diversos problemas ambientais brasileiros. Além disso, as plantas utilizadas na fitorremediação poderão ser aproveitadas (soja e mamona) para a obtenção de biodiesel. (AU)