Busca avançada
Ano de início
Entree

Estresse e auto-administração de nicotina: envolvimento da via de transdução CREB, PKA e ERK no sistema dopaminérgico mesocorticolímbico

Processo: 08/01744-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2008 - 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Cleopatra da Silva Planeta
Beneficiário:Cleopatra da Silva Planeta
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Dependentes químicos  Automedicação  Transtornos relacionados ao uso de substâncias  Nicotina 

Resumo

O modelo de auto-administração é preconizado como o de maior valor preditivo para investigar o fenômeno da dependência de substâncias psicoativas. A dependência é considerada um transtorno neuroadaptativo induzido pela exposição repetida a substâncias psicoativas e é caracterizado por alterações neuroquímicas e moleculares do sistema dopaminérgico mesocorticolímbico. Evidências indicam que neuroadaptações na expressão e atividade de PKA, ERK e CREB desempenham papel importante no desenvolvimento de tais comportamentos. Embora o tabagismo seja considerado uma das principais causas evitáveis de óbito, a literatura avaliando a relação entre exposição ao estresse e auto-administração de nicotina é bastante escassa. Além disso, embora a exposição ao estresse esteja claramente associada ao aumento da vulnerabilidade ao abuso e dependência de substâncias psicoativas pouco se conhece sobre os mecanismos neurais dessa associação. Investigaremos: a) as modificações dos parâmetros de auto-administração de nicotina (ponto de ruptura e binge) após a exposição a estresse variável; b) as modificações nas concentrações de dopamina e seus metabólitos, atividade da PKA, ERK e CREB, resposta à administração de nicotina, após a exposição a estresse variável. Nossa hipótese é que a exposição ao estresse induz alterações na via de transdução dopaminérgica, promovendo adaptações duradouras no sistema dopaminérgico mesocorticolímbico. Essas adaptações seriam responsáveis por alterações nos parâmetros de auto-administração de nicotina. Dessa forma, este estudo pode contribuir para a elucidação dos mecanismos neurais da interação entre fenômenos ambientais e a dependência de nicotina, o que pode auxiliar no desenvolvimento de novas estratégias de prevenção e tratamento. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEAO, RODRIGO MOLINI; CRUZ, FABIO CARDOSO; MARIN, MARCELO TADEU; PLANETA, CLEOPATRA DA SILVA. Stress induces behavioral sensitization, increases nicotine-seeking behavior and leads to a decrease of CREB in the nucleus accumbens. Pharmacology Biochemistry and Behavior, v. 101, n. 3, p. 434-442, MAY 2012. Citações Web of Science: 12.
ZANCHETA, ROBERTA; POSSI, ANA P. M.; PLANETA, CLEOPATRA S.; MARIN, MARCELO T. Repeated administration of caffeine induces either sensitization or tolerance of locomotor stimulation depending on the environmental context. PHARMACOLOGICAL REPORTS, v. 64, n. 1, p. 70-77, JAN-FEB 2012. Citações Web of Science: 12.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.