Busca avançada
Ano de início
Entree

Observatório de Segurança Pública: boas práticas e avaliação das ações relativas às políticas de segurança pública, no estado de São Paulo

Processo: 08/04932-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2008 - 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Luís Antônio Francisco de Souza
Beneficiário:Luís Antônio Francisco de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):08/08514-5 - Observatório de Segurança Pública. boas práticas e avaliação das ações relativas às políticas de segurança pública, no Estado de São Paulo, BP.TT
08/08206-9 - Observatório de Segurança Pública boas práticas e avaliação das ações relativas às políticas de segurança pública, no Estado de São Paulo, BP.TT
Assunto(s):Segurança pública  Observatórios  Web sites  Governo local 

Resumo

O presente projeto procura dar continuidade às pesquisas que tiveram lugar no âmbito do projeto de Observatório de Segurança Pública (OSP). Pretende-se, a partir de um amplo levantamento de dados disponíveis nas mais variadas fontes de pesquisa, avaliar as políticas de segurança pública, no Estado de São Paulo, em termos de avanços, permanências e retrocessos. O objetivo principal é mapear as boas práticas em segurança pública no Estado de São Paulo, e colocá-las à disposição para consulta por meio do site sobre Boas Práticas em Segurança Pública, voltado para o acompanhamento das principais questões, iniciativas, debates e projetos de segurança pública . No presente projeto, além da atualização e manutenção do site do Observatório, pretende-se acompanhar de perto as boas práticas em segurança pública, por meio do envio de pesquisadores previamente preparados e que já estão integrados à pesquisa na área, para, através de técnicas de observação direta (documentação, observação, entrevistas, coleta de dados, acompanhamento dos processos) avaliar as boas práticas e indicar aquelas que efetivamente apresentam condições para futura generalização e conversão em política pública. O acompanhamento, além disso, visa desenvolver metodologia apropriada para avaliação de políticas públicas de segurança. Percebe-se, cada vez mais, não apenas a dificuldade crescente para obtenção de dados confiáveis sobre o desempenho das instituições da justiça criminal, mas também entraves em definir metodologias que permitam o acesso padronizado das políticas públicas. (AU)