Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de TGFbeta, pSmad2, p53, p63 e E-caderina como marcadores prognósticos em tumores espontâneos de mama de cadelas

Processo: 09/53796-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2010 - 31 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Noeme Sousa Rocha
Beneficiário:Noeme Sousa Rocha
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Neoplasias  Neoplasias mamárias  Carcinoma 

Resumo

Nas neoplasias malignas, inclusive nas mamárias, invasão e metástase são características biológicas importantes que têm influência direta no prognóstico da paciente e na escolha do protocolo terapêutico. Em oncologia humana tem se pesquisado a participação da via do TGFß por meio da ativação dos fatores Smad no desenvolvimento do câncer. O TGFP, anteriormente identificado como fator regulador e supressor do crescimento celular, parece exercer forte influência na progressão de certas neoplasias pela supressão da expressão de proteínas como p53, p63 e E-caderina aumentando seu potencial metastático. Este estudo pretende avaliar a imunoexpressão do TGFß e pSmad2, da p53, p63 e E-caderina como marcadores prognósticos em tumores mamários espontâneos de cadelas. Serão utilizadas 40 cadelas, sem predileção por raça, a partir de seis anos de idade, com ou sem diagnóstico de tumor de mama e quatro grupos de 10 animais cada serão formados: G1= mamas normais, sem histórico de neoplasia; G2 = neoplasia mamaria benigna; G3 = neoplasias mamárias malignas sem invasão linfática ou evidência de metástase e G4 = neoplasia mamaria maligna com invasão linfática e/ou metástase distante. Os resultados serão avaliados quanto à presença de cada marcador nos tecidos, sua relação com o comportamento biológico da neoplasia, o tipo histológico e a apresentação de recidivas e/ou metástases pelo método estatístico da Análise de Variância. Assim, espera-se compreender melhor o envolvimento destes marcadores na progressão do câncer e na produção de metástases e fornecer mais dados a respeito do prognóstico das neoplasias mamárias na medicina veterinária. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)