Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficácia do tratamento com riboflavina sob ação da luz ultravioleta na inativação de Anaplasma marginale e Babesia bigemina em sangue bovino conservado para transfusão

Processo: 09/52398-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2009 - 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Raimundo Souza Lopes
Beneficiário:Raimundo Souza Lopes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Parasitose animal  Carrapatos  Análise parasitológica  Raios ultravioleta  Transfusão de sangue  Riboflavina  Bovinos 

Resumo

Devido a possibilidade de transmissão de agentes infecciosos na transfusão de sangue, o projeto será realizado com o objetivo de verificar as possíveis alterações hematológicas e bioquímicas que ocorrem no sangue bovino obtido de animais hígidos e parasitados com Anaplasma marginale e Babesia bigemina, quando conservado em bolsas plásticas contendo citrato-fosfato-dextrose-adenina (CPDA-1), investigando também a eficácia do tratamento com Riboflavina e radiação ultravioleta na inativação de Anaplasma sp e Babesia sp. Primeira etapa: O grupo 1 será formado por bolsas plásticas contendo sangue proveniente de bovinos saudáveis e o grupo 2 será formado por bolsas plásticas contendo sangue proveniente de bovinos parasitados com Anaplasma sp. e Babesia sp. Em ambos os grupos haverá a determinação das alterações hematológicas que ocorrem nesse sangue durante um período de 21 dias de conservação. Segunda etapa: Após o período de conservação, o sangue bovino parasitado será submetido a tratamento com Riboflavina e radiação ultravioleta e para verificar a inativação dos hemoparasitas, o sangue será submetido a avaliação por Imunofluorescência Indireta (IFI), reação de cadeia polimerase quantitativa (qPCR) e inoculado em bovinos esplenectomizados procurando identificar se o tratamento inativou, eliminou completamente ou reduziu a quantidade dos hemoparasitas. (AU)