Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade do leite bovino e impacto na saúde pública: estudo molecular de amostras de Staphylococcus spp. e detecção dos genes codificadores de enterotoxinas e resistência à meticilina

Processo: 08/10698-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2009 - 31 de janeiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Simone Baldini Lucheis
Beneficiário:Simone Baldini Lucheis
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Mastite animal  Bovinocultura leiteira  Staphylococcus 

Resumo

Staphylococcus aureus (S. aureus) é o principal microrganismo causador de mastites, doença infecciosa de maior prevalência nos rebanhos leiteiros. A caracterização molecular de isolamentos de S. aureus associado a mastite bovina pode ser útil no desenvolvimento de práticas mais efetivas no controle desta doença. A Eletroforese em Campo Elétrico Alternado (PFGE) tem sido considerada uma das técnicas mais confiáveis para tipificação de S. aureus, podendo contribuir na formulação de estratégias para reduzir a disseminação da infecção nas propriedades. Além disso, S. aureus resistentes a agentes antimicrobianos, como a meticilina, confere a estes microrganismos um dos principais mecanismos de resistência. Tendo em vista a importância da investigação de tais cepas, bem como da importância de S. aureus como agente etiológico de casos de infecções e intoxicações alimentares, tanto no homem como nos animais, serão coletadas amostras de leite de todas as vacas em lactação de dez propriedades localizadas em diferentes regiões do Estado de São Paulo. Serão realizadas análises microbiológicas e identificação bioquímica de todas amostras de estafilococos isoladas, tanto as coagulase positivas quanto as negativas, dos tetos dos animais e do tanque de resfriamento; será estabelecido o perfil de sensibilidade antimicrobiana das amostras de estafilococos isoladas dos tetos dos animais; será pesquisada a ocorrência do gene mecA de resistência à oxacilina; detectar-se-á a presença e quantificação dos genes codificadores de enterotoxinas A, B, C e D das amostras de leite, bem como realizar-se-á a identificação clonal das amostras de S. aureus isoladas em todas as propriedades avaliadas. (AU)