Busca avançada
Ano de início
Entree

Absorção e transporte de 68Zn, 10B e 15N por folhas de citros

Processo: 10/06731-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2010 - 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Nuclear
Pesquisador responsável:Antonio Enedi Boaretto
Beneficiário:Antonio Enedi Boaretto
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Pesq. associados:Godofredo Cesar Vitti ; Rodrigo Marcelli Boaretto
Assunto(s):Isótopos estáveis  Nutrição vegetal  Isótopos de nitrogênio  Boro  Zinco  Citricultura  Laranja 

Resumo

Os isótopos estáveis de zinco (64 Zn, 66Zn, 67Zn, 68Zn e 70Zn), de boro (11B e 10B) e de nitrogênio (14N e 15N) são de ocorrência natural. O desenvolvimento do ICP-MS tornou possível distinguir os nuclídeos de um determinado elemento. No Brasil, os nutrientes vegetais estudados, através da técnica isotópica, se restringem ao N e B. As informações existentes na literatura sobre a absorção e translocação de nutrientes pelas folhas de laranjeiras, obtidas pela técnica isotópica, são muito restritas. As determinações isotópicas já realizadas no Brasil são de 10B e 15N, porém ainda não foi feita a determinação de 68Zn em matriz vegetal. O objetivo geral será avaliar aplicação foliar de fontes de zinco, absorção e translocação de Zn, B e N em plantas de laranjeiras, com uso de isótopos estáveis. Para isto será instalado um experimento em condições de campo e serão feitas aplicações foliares com soluções enriquecidas de 68Zn, 10B e 15N, para se verificar a absorção e translocação destes nutrientes para os novos fluxos de crescimento e frutos. A água de chuva que escorre das folhas para o solo será coletada e os isótopos de Zn, N e B serão determinados. Os resultados da pesquisa possibilitarão um melhor entendimento da absorção e translocação dos nutrientes, favorecendo o manejo mais eficiente da adubação foliar na cultura do citros. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.