Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das condições microbiológicas e físico-químicas da água de reservatório domiciliar e predial: importância e dimensão dessa água no contexto da saúde pública

Processo: 09/50144-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2009 - 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Susana Segura Muñoz
Beneficiário:Susana Segura Muñoz
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Bactérias  Reservatórios  Metais pesados  Água 

Resumo

A água captada de rios, lagos e reservas subterrâneas recebe tratamento adequado e posteriormente é bombeada para a rede de abastecimento, incluindo domicílios e instalações prediais, públicas e privadas. Nestes locais a água permanece armazenada em reservatórios específicos, habitualmente denominados de caixas d'agua e a ausência de cuidados mínimos pode transformar esses reservatórios em fontes de impurezas, conseqüentemente armazenando água de qualidade inadequada para o consumo humano. O presente estudo tem por objetivo analisar os níveis de metais pesados presentes na água, caracterizar os parasitas e bactérias e quantificar o pH das águas provenientes dos reservatórios e da torneira mais utilizada em alguns domicílios e instalações prediais de Unidades Básicas de Saúde do município de Ribeirão Preto - SP. As amostras serão coletadas aleatoriamente em, aproximadamente, 200 domicílios e 30 Unidades Básicas de Saúde do município; este número de amostras foi calculado a partir de especificações da Portaria 518/2004 do Ministério da Saúde. Os metais serão analisados por Espectrofotomejria de Absorção Atômica. A análise parasitológica será realizada pelo método de sedimentação, a quantificação será realizada na câmara de Sedgwick-Raffer. A análise para contaminação bacteriana será realizada a partir do teste P/A (Presença ou Ausência) e a quantificação, através da técnica dos Tubos Múltiplos. O presente estudo será de extrema importância para dar continuidade à implantação do Laboratório de Ecotoxicologia e Parasitologia Ambiental (LEPA) da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP/USP), realizada com auxílio financeiro da FAPESP no Programa de Apoio ao Jovem Pesquisador (Processo 06/55788-8). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.