Busca avançada
Ano de início
Entree

Reciclagem de poeira de aciaria elétrica

Processo: 09/53352-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2009 - 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Extrativa
Pesquisador responsável:Jorge Alberto Soares Tenório
Beneficiário:Jorge Alberto Soares Tenório
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Metalurgia extrativa ferrosa  Metais 

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo estudar o processo de incorporação do metal ferro e da volatilização do zinco contidos na poeira de aciaria elétrica (PAE), proveniente de uma usina siderúrgica produtora de aços longos, mediante adição em gusa líquido à temperatura de 1400°C alterando-se as condições experimentais tais como a forma de adição da PAE (como recebido, sob a forma de briquetes e sob a forma de pelotas), o percentual de PAE a ser adicionado (5, 10, 20 e 30% do peso inicial da amostra de gusa) e o tempo de retirada da amostra de gusa e escória (10, 20 e 30 minutos após a adição da PAE). Previamente, a PAE será caracterizada utilizando-se as seguintes técnicas: análise química, análise granulométrica, área de superfície específica, difração de raios-X, picnometria (densidade real), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e análise de micro-regiões por EDS. Após a caracterização, a PAE a ser adicionada ao banho de gusa líquido, será dividida em 3 formas: a primeira forma de adição, será sob a forma "como recebido" da usina; a segunda será através da aglomeração da PAE sob a forma de briquetes e a terceira será sob a forma de pelotas. A realização dos experimentos de fusão, em escala de laboratório, ocorrerá em um forno vertical tubular com controlador de temperatura. Os experimentos de fusão para avaliar a incorporação do metal ferro utilizarão cadinhos de grafite, experimentos de fusão para avaliar a volatilização do zinco utilizarão cadinhos de MgO. Um fluxo de gás inerte (argônio) será mantido no interior do forno durante a realização dos experimentos. Periodicamente serão retiradas amostras de cada experimento para realização de análises químicas. Espera-se que os resultados obtidos no final da pesquisa permitam avaliar a incorporação do metal ferro contido na PAE no banho de gusa líquido e a volatização de zinco contido na PAE mediante adição em banho de gusa líquido. (AU)