Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do recebimento de lixiviado de aterro sanitário sobre o tratamento de esgoto em sistema de lodo ativado e reator com biofilme em leito móvel

Processo: 09/52019-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2009 - 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Roque Passos Piveli
Beneficiário:Roque Passos Piveli
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Lodo ativado  Esgotos sanitários 

Resumo

Os líquidos percolados de aterros sanitários possuem características ambientalmente agressivas, em que pesem a elevada carga orgânica e concentração de nitrogênio amoniacal, dentre outros poluentes e contaminantes. A sua tratabilidade isoladamente tem-se demonstrado complexa e quando enviados para o tratamento conjunto com esgoto sanitário, podem acarretar importantes problemas operacionais. O processo de tratamento de esgoto por lodo ativado é utilizado em larga escala no Brasil, podendo ser adaptado para o recebimento de maior carga orgânica ou para a remoção de nitrogênio por meio da introdução de corpos móveis, processo conhecido por MBBR - Moving Bed Biofilm Reactor. O primeiro objetivo do projeto é identificar as condições de funcionamento do MBBR, tais como relação alimento/microrganismos, idade do lodo de referência à biomassa suspensa, concentração de oxigênio a ser mantida no tanque de aeração, etc, associadas ao desempenho do sistema na remoção de matéria orgânica e nitrogênio. A premissa central é a de que a introdução dos corpos móveis no tanque de aeração permite, além do recebimento de maior carga orgânica, a ocorrência da nitrificação do esgoto mesmo sob baixos tempos de residência celular relativos à biomassa em suspensão. Posteriormente, será adicionado o líquido percolado de aterro sanitário ao esgoto a ser tratado, em quantidades crescentes de forma sistematizada, de forma a permitir a avaliação dos efeitos sobre a remoção de matéria orgânica e nitrogênio, incluindo a identificação das alterações nos valores dos coeficientes cinéticos que governam o tratamento. A pesquisa será desenvolvida em escala piloto, mantendo-se dois sistemas em operação em paralelo, um representando o processo de lodo ativado convencional e outro idêntico, exceto pela introdução dos corpos móveis. Desta forma, será possível atribuir a diferença de resultados à presença da biomassa aderida. Os sistemas serão submetidos a um programa de controle operacional envolvendo determinações in loco e laboratoriais. Os resultados serão avaliados estatisticamente e interpretados. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.