Busca avançada
Ano de início
Entree

Prospecção do potencial antifúngico de resíduos agroindustriais visando o controle de fungos deterioradores de pães

Processo: 09/18607-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2010 - 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Eduardo Micotti da Gloria
Beneficiário:Eduardo Micotti da Gloria
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Pão  Agronegócio  Resíduos agroindustriais  Fungos  Micotoxinas  Antifúngicos 

Resumo

O desenvolvimento fúngico em pães é um problema que provoca perdas a indústria de panificação e pode representar risco a saúde humana pela possibilidade de que alguma das espécies que venham a se desenvolver produzam as micotoxinas. A redução do problema da deterioração fúngica pode ser obtida com a melhoria na higienização das indústrias de panificação, uma vez que, a contaminação fúngica dos pães advém da atmosfera do local de produção e dos utensílios utilizados. Contudo, na impossibilidade de se obter uma redução satisfatória da contaminação fúngica somente com melhor higienização, a utilização de antifúngicos para inibir o desenvolvimento fúngico (fungistáticos) ou reduzir a microflora fúngica (fungicidas) representa outra alternativa bastante empregada. Entretanto, novos dados toxicológicos que têm sido gerados, problemas de aparecimento da resistência de espécies aos antifúngicos existentes e exigências cada vez maiores do consumidor por produtos de origem natural tem levado a uma busca de novos antifúngicos para substituição aos existentes. Neste contexto a prospecção de compostos com capacidade antifúngica a partir de fontes naturais (vegetais e microrganismos) vem sendo bastante estudada pela comunidade científica. Alguns resultados satisfatórios neste sentido já foram obtidos com óleos essenciais, extratos de plantas e de microrganismos, no combate a fungos deterioradores de pães. Paralelamente o mundo enfrenta outro grande problema que é a destinação correta dos resíduos gerados pela atividade humana em nosso planeta. O agronegócio é um segmento econômico que gera elevados níveis de resíduo pelo processamento, por exemplo, de vegetais. Os resíduos deste setor já foram e estão sendo objeto de estudos visando avaliar a utilização destes como fonte de nutrientes, antioxidantes e compostos com atividade antimicrobiana. Este estudo pretende avaliar alguns resíduos gerados por agroindústrias como fonte de antifúngicos para utilização no combate de fungos deterioradores de pães. (AU)