Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise molecular da anidrase carbônica no fungo patogênico humano Aspergillus fumigatus

Processo: 08/06493-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2008 - 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Márcia Eliana da Silva Ferreira
Beneficiário:Márcia Eliana da Silva Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Aspergillus fumigatus  Anidrases carbônicas  Dióxido de carbono 

Resumo

As doenças fúngicas invasivas são um sério problema de saúde pública e causa de mortalidade em todo o mundo. A. fumigatus é um fungo saprofítico de grande importância no meio ambiente por reciclar carbono e nitrogênio. Entretanto, nos últimos 20 anos, este ascomiceto deixou de ser apenas um fungo saprofítico de menor importância para se tornar um dos principais agentes patogênicos humanos que, dependendo do estado imune do paciente, pode induzir respostas que vão desde alergia à infecção disseminada e freqüentemente fatal. Foram identificados vários fatores de virulência no fungo A. fumigatus, dentre os quais se podem citar o rápido crescimento do fungo e o tamanho reduzido dos conídios, a identificação de um vasto sistema de turnover de radicais livres, componentes específicos da parede celular, além de metabólitos secundários do fungo que atuam como toxinas no organismo hospedeiro. Durante o seu processo de infecção, o fungo A. fumigatus depara-se com uma dramática variação nas concentrações de CO2, pois no seu habitat natural as concentrações de CO2 são cerca de 0,036% enquanto no hospedeiro infectado chega de 1 a 5% de CO2, dependendo do tecido. Estudos anteriores sugerem um papel importante para a enzima anidrase carbônica (que catalisa a hidratação reversível do CO2 a bicarbonato) nos mecanismos moleculares da patogênese em alguns fungos. A fim de se estudar o papel do sensoriamento e do metabolismo do CO2 no crescimento e na virulência do fungo A. fumigatus, o presente projeto tem como objetivos: 1) Realizar a análise funcional dos genes que codificam a enzima anidrase carbônica, em A. fumigatus; 2) Verificar se existe alguma relação entre o sistema de sensoriamento das concentrações de CO2 e o da regulação por AMPc e 3) Realizar a análise da expressão gênica global, por microarrays, do tipo selvagem e dos mutantes expostos a diferentes concentrações de CO2. Este projeto visa uma melhor caracterização do sistema anidrase carbônica e das vias metabólicas a ela associadas no fungo A. fumigatus, favorecendo, assim, uma melhor compreensão do envolvimento desta enzima nos mecanismos de virulência e patogenicidade deste fungo patogênico humano. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SPINA CANELA, HELIARA MARIA; TAKAMI, LUCIANO AKIRA; DA SILVA FERREIRA, MARCIA ELIANA. cipC is important for Aspergillus fumigatus virulence. APMIS, v. 125, n. 2, p. 141-147, FEB 2017. Citações Web of Science: 2.
CANELA, H. M. S.; TAKAMI, L. A.; FERREIRA, M. E. S. SYBR safe(TM) efficiently replaces ethidium bromide in Aspergillus fumigatus gene disruption. Genetics and Molecular Research, v. 16, n. 1 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.