Busca avançada
Ano de início
Entree

Extração e concentração de adenovírus em sistemas poliméricos e micelares de duas fases aquosas

Processo: 09/54651-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2010 - 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Adalberto Pessoa Junior
Beneficiário:Adalberto Pessoa Junior
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Engenharia bioquímica  Biotecnologia  Extração líquido-líquido  Sistema de duas fases aquosas  Processos de separação  Micelas  Adenovirus 

Resumo

A viabilidade da produção em escala industrial de produtos biotecnológicos de interesse comercial, terapêutico e industrial, depende significativamente das técnicas de separação e purificação utilizadas. A aplicação de sistemas poliméricos (SPDFA) e micelares (SMDFA) de duas fases aquosas é proposta como alternativa para a purificação, pois permite a separação e análise de biomoléculas/biopartículas, de modo que estas não percam sua atividade ou propriedades desejadas. Estas técnicas são interessantes para a purificação em larga escala, pois permitem partição seletiva, com potencial de obtenção de altos rendimentos, além de apresentar boa relação custo-benefício. O presente trabalho tem por objetivo estudar a separação e concentração por extração líquido-liquido do vírus Adenovirus do tipo Adv 5 em sistemas de duas fases aquosas. Será utilizado um novo sistema polimérico aquoso, formado pelos polímeros polietileno glicol (PEG) e ácido poliacrílico (NaPA) e o sistema micelar aquoso constituído pelo tensoativo não-iônico Triton X-114. Serão estudadas, utilizando planejamento experimental estatístico, diferentes composições do SPDFA, empregando diferentes massas molares de PEG (2000, 4000 e 8000 g/mol) e NaPA (1200,8000 e 20000 g/mol) e concentrações de 10 a 20% para ambos bem como a influência do pH (6,0 a 8,0), temperatura (25 a 45 DC) e concentração dos sais NaCI (0,5 a 1,5%) e Na2So4 (4,0 a 8,0%). Para o SMDFA, serão estudados os efeitos da variação de pH (6,0 a 8,0), temperatura (25 a 45ºC), concentração de surfactante (4 a 12%), e concentração de sais (1 a 5%) (iodeto de potássio, sulfato de magnésio e sulfato de amônio) na partição e recuperação do Adenovirus. Após otimizadas as condições de extração, será estudado o efeito do processo sobre as partículas virais, avaliando sua integridade e infectividade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DUTRA MOLINO, JOAO VITOR; LOPES, ANDRE MORENI; VIANA MARQUES, DANIELA DE ARAUJO; MAZZOLA, PRISCILA GAVA; DA SILVA, JOAS LUCAS; HIRATA, MARIO HIROYUKI; CRESPO HIRATA, ROSARIO DOMINGUEZ; VICCARI GATTI, MARIA SILVIA; PESSOA, ADALBERTO. Application of aqueous two-phase micellar system to improve extraction of adenoviral particles from cell lysate. Biotechnology and Applied Biochemistry, v. 65, n. 3, p. 381-389, MAY-JUN 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.