Busca avançada
Ano de início
Entree

Reducao da capacidade proliferativa de celulas tronco/progenitoras homopoeticas em modelo de desnutricao proteica: papel do microambiente medular na inducao do ciclo celular

Processo: 09/53902-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2010 - 31 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Primavera Borelli Garcia
Beneficiário:Primavera Borelli Garcia
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Desnutrição  Células-tronco  Fibronectinas  Ciclo celular 

Resumo

Desenvolvemos um modelo de hipoplasia medular, em murinos, induzida por restrição protéica. Demonstramos neste modelo alterações histológicas evidentes na matriz extracelular da medula óssea, encontramos alterações na proporção de proteínas, especialmente de fibronectina, trombospondina e laminina, situação que poderia estar contribuindo para a hipoplasia observada. A caracterização imuno-histoquímica e ultra-estrutural de tais alterações evidenciou um aumento na deposição de fibronectina na medula óssea esternal de animais desnutrido em sítios endosteais/paratrabeculares (região de fixação de células troco hematopoéticas) e aumento e deposição de laminina em regiões perisinusais. Estas alterações podem modificar a co-localização de uma série de fatores de crescimento e citocinas que poderiam interferir na regulação dos processos de crescimento e diferenciação de células hemopoéticas. Na medula óssea, as células trocb/progenitoras estão em contato estrito com a fibronectina, e isto ocorre através de integrinâs expressas por essas células, VLA-4 e VLA5 e esta interação fibronectina/integrina está relacionada com o ciclo celular. Resultados preliminares do nosso laboratório já demonstram que os animais desnutridos apresentam, significativamente, menor expressão de receptores para a fibronectina VLA-4 e VLA5, na populaçãode células CD 34+. Também foi verificado um aumento da população de células tronco na fase GO e G1 quando comparados com os animais controles. Em virtude dos dados apresentados propomos a avaliar a proliferação de células tronco/progenitoras por incorporação, "in vivo", de BrdU; determinar a localização das células tronco hemopoéticas no nicho medular através de microscopia confocal; caracterizar histológica e ultra-estruturalmente a matriz extracelular da medula óssea dos animais por análise imunohistoquímica, microscopia de transmissão e microscopia confocal;. quantificar fibronectina por western blotting e pesquisar suas isoformas por PCR e imunohistoquímica, avaliar a expressão de receptores para fibronectina em células tronco/progenitoras e avaliar as vias de sinalização da ativação de ErK1/2, pelo fato de estar envolvido com processos de proliferação, diferenciação e apoptose celular. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NAKAJIMA, KARINA; CRISMA, AMANDA R.; SILVA, GRAZIELA B.; ROGERO, MARCELO M.; FOCK, RICARDO A.; BORELLI, PRIMAVERA. Malnutrition suppresses cell cycle progression of hematopoietic progenitor cells in mice via cyclin D1 down-regulation. NUTRITION, v. 30, n. 1, p. 82-89, JAN 2014. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.