Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do desenvolvimento do sistema nervoso central (SNC) de Camundongos Balb/c expostos à fumaça do cigarro no início do período pós-natal

Processo: 09/14621-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2009 - 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Tania Marcourakis
Beneficiário:Tania Marcourakis
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Sistema nervoso central  Fumaça de cigarro  Sensibilização do sistema nervoso central  Camundongos 

Resumo

A fumaça do cigarro contém uma mistura de mais de 4.700 substâncias químicas, muitas das quais são tóxicas. Além da exposição direta à fumaça de cigarro, também ocorre exposição ambiental (fumo involuntário ou passivo). Estima-se que 54% a 70% das crianças são expostas a um ou mais fumantes no domicílio. Vale salientar que a exposição passiva à fumaça do cigarro causa elevada morbidade respiratória e mortalidade em crianças dessa faixa etária. O início do desenvolvimento do SNC é considerado um período crítico, pois quaisquer perturbações na sequência de eventos normais causam efeitos irreversíveis na estrutura e na função dos tecidos. O terceiro trimestre de gestação em humano equivale às duas primeiras semanas de vida pós-natal em roedores, portanto os roedores apresentam considerável desenvolvimento pós-natal do SNC. Esse período caracteriza-se por um rápido crescimento encefálico incluindo arborização dendrítica, crescimento axonal, mielinização, sinaptogênese e maturação da neurotransmissão. Diversos estudos relatam os efeitos farmacológicos da exposição à nicotina nos períodos pré e pós-natal, contudo é necessário elucidar os efeitos das demais substâncias presentes na fumaça do cigarro sobre o desenvolvimento do SNC. Assim, este estudo tem como objetivo esclarecer se a fumaça do cigarro provoca alterações estruturais, bioquímicas e/ou comportamentais no SNC em desenvolvimento de camundongos Balb/c expostos a partir do 3° dia de vida (P3) até o 14° dia (P14) por duas horas diárias. Para tanto serão avaliados os processos de sinaptogênese, mielinização, arborização dendrítica e possíveis alterações nos níveis protéicos e distribuição do BDNF, além de eventuais alterações na aprendizagem e memória, atividade locomotora e ansiedade em camundongos avaliados em diferentes períodos do desenvolvimento: durante a infância (P14), adolescência (P35) e idade adulta (P60). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TORRES, LARISSA HELENA; TAMBORELLI GARCIA, RAPHAEL CAIO; MARCHINI BLOIS, ANNE MENDONCA; PACHECO-NETO, MAURILIO; CAMARINIE, ROSANA; BRITTO, LUIZ ROBERTO; MARCOURAKIS, TANIA. Early postnatal tobacco smoke exposure triggers anxiety-like behavior and decreases synaptic proteins even after a long exposure-free period in mice. Brain Research, v. 1707, p. 99-106, MAR 15 2019. Citações Web of Science: 0.
TORRES, LARISSA H.; ANNONI, RAQUEL; BALESTRIN, NATALIA T.; COLETO, PRISCILA L.; DURO, STEPHANIE O.; GARCIA, RAPHAEL C. T.; PACHECO-NETO, MAURILIO; MAUAD, THAIS; CAMARINI, ROSANA; BRITTO, LUIZ R. G.; MARCOURAKIS, TANIA. Environmental tobacco smoke in the early postnatal period induces impairment in brain myelination. ARCHIVES OF TOXICOLOGY, v. 89, n. 11, p. 2051-2058, NOV 2015. Citações Web of Science: 6.
TORRES, LARISSA HELENA; GARCIA, RAPHAEL C. T.; BLOIS, ANNE M. M.; DATI, LIVIA M. M.; DURAO, ANA CAROLINA; ALVES, ADILSON SILVA; PACHECO-NETO, MAURILIO; MAUAD, THAIS; BRITTO, LUIZ R. G.; XAVIER, GILBERTO FERNANDO; CAMARINI, ROSANA; MARCOURAKIS, TANIA. Exposure of Neonatal Mice to Tobacco Smoke Disturbs Synaptic Proteins and Spatial Learning and Memory from Late Infancy to Early Adulthood. PLoS One, v. 10, n. 8 AUG 25 2015. Citações Web of Science: 30.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.