Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do efeito das sigatoka negra e amarela na qualidade de bananas cultivadas no estado de São Paulo

Processo: 09/10414-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2009 - 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Beatriz Rosana Cordenunsi
Beneficiário:Beatriz Rosana Cordenunsi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pós-colheita  Banana  Ácidos orgânicos  Doenças de plantas  Sigatoka 

Resumo

As Sigatokas se constituem hoje nas mais sérias e destrutivas doenças da bananeira em todas as áreas produtoras do mundo. Elas têm como origem dois fungos ascomicetos aparentados: Mycosphaerella fijiensis Morelet, agente causal da Sigatoka Negra, e M. musicola Leach ex Mulder, agente causal da Sigatoka Amarela. As doenças ocorrem nas folhas da bananeira causando estrias e manchas necróticas que reduzem os tecidos fotossintetizantes. Os principais danos são causados pela desfolha com a morte precoce das folhas, enfraquecendo a planta e abrindo portas para a entrada de outras doenças. A diminuição da área foliar provoca redução do tamanho dos cachos, pencas e frutos. Praticamente não existem informações na literatura sobre frutos de bananeira infectados pelas Sigatokas, de maneira que a qualidade, a fisiologia e os tratos pós-colheitas específicos para este tipo de fruto são desconhecidos. Assim, este projeto tem como objetivo avaliar o impacto das Sigatokas Negra e Amarela sobre a qualidade de bananas. A qualidade dos frutos será avaliada por critérios fisiológicos, físicos, químicos e bioquímicos. A experiência dos pesquisadores do CIRAD em fitopatologia de banana, especificamente em Sigatokas, somada à experiência dos pesquisadores da FCF/USP em fisiologia, bioquímica e biologia molecular pós-colheita, especificamente em banana, podem auxiliar no subsidio ao pequeno produtor do Vale do Ribeira e, por extensão, a qualquer pequeno produtor de banana do país, a produzir bananas com qualidade compatível aos dos grandes produtores. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.