Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação in vitro da permeabilidade de fármacos por meio do modelo da membrana artificial paralela (PAMPA): aplicação na classificação biofarmacêutica

Processo: 09/05814-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2009 - 31 de março de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Cristina Helena dos Reis Serra
Beneficiário:Cristina Helena dos Reis Serra
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fármacos  Permeabilidade da membrana celular 

Resumo

A Classificação Biofarmacêutica (SCB), baseada nas propriedades de permeabilidade e solubilidade das substâncias ativas, foi proposta como ferramenta para o desenvolvimento biofarmacotécnico de novas formulações farmacêuticas, contendo novos fármacos ou não, com o objetivo de auxiliar na predição da sua disponibilidade in vivo. O acesso à permeabilidade é uma etapa crucial na determinação do local de administração de um fármaco. Por este motivo, há uma grande necessidade da implementação de modelos de alta capacidade, baixo custo e que tenham uma grande correlação com as características de permeabilidade e absorção in vivo. Diversos modelos in vitro têm sido descritos para a realização dos estudos de permeabilidade, mas ainda é evidente a carência de padronização de protocolos e muitos dos dados disponíveis na literatura sobre essas importantes propriedades não são confiáveis ou conclusivos. O modelo de membrana artificial paralela (PAMPA) descrito recentemente é rápido, simples e têm apresentado excelente correlação com modelos que utilizam intestinos de animais e monocamadas de células, além de ser um método mais economicamente viável que os demais. Tendo em vista que o estudo de permeabilidade é uma etapa crucial na determinação da via de administração de um fármaco e, atualmente, nenhum estudo utilizando PAMPA foi publicado no Brasil, diferentes variações descritas do método PAMPA serão experimentalmente avaliadas neste trabalho, utilizando amostras de fármacos anti-retrovirais, objetivando, desta forma, desenvolver um protocolo ideal para a predição das características de permeabilidade destes compostos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)