Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de técnicas estatísticas multivariadas na avaliação de associações entre biomarcadores do stress oxidativo e fatores dietéticos em indivíduos com dislipidemia

Processo: 08/00482-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2008 - 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Inar Alves de Castro
Beneficiário:Inar Alves de Castro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nutrição humana  Dislipidemias  Estresse oxidativo  Lipoproteínas LDL  Doenças cardiovasculares  Biomarcadores  Antioxidantes 

Resumo

Várias pesquisas têm ressaltado a importância do stress oxidativo no desenvolvimento das doenças cardiovasculares. O stress oxidativo é resumidamente caracterizado por um desequilíbrio no organismo entre compostos oxidantes, como as espécies reativas de oxigênio e nitrogênio e o sistema de defesa antioxidante. Os danos causados por esse desequilíbrio são refletidos na oxidação de lipídios, proteínas e DNA, além de inúmeras outras alterações nos diferentes mecanismos fisiológicos que utilizam a sinalização redox para sua ativação. A oxidação de moléculas lipídicas e protéicas presentes nas lipoproteínas de baixa densidade (LDL) tem sido considerada como um dos principais fatores de risco no desenvolvimento da aterosclerose. Desta forma, o desequilíbrio nos processos oxidativos pode ser uma variável agravante em indivíduos que apresentam alguma forma de dislipidemia, uma vez que as concentrações de LDL e triacilgliceróis dessa população já apresentaram valores alterados e costumam ser estabilizadas através do uso de medicamentos (estatinas). Fatores associados à dieta, entre outros, podem alterar o stress oxidativo desses indivíduos. Portanto, o consumo de determinados grupos de alimentos poderia potencialmente promover ou reduzir a oxidação no organismo. O objetivo deste estudo será de avaliar cinco biomarcadores do stress oxidativo em indivíduos com dislipidemia controlada e, através do uso de técnicas estatísticas multivariadas, identificar associações entre a concentração desses biomarcadores e a ingestão de nutrientes. Trata-se de um abordagem inédita e importante para a orientação nutricional desses indivíduos. O protocolo experimental foi conduzido com 24 homens e 36 mulheres de 30 a 75 anos, pacientes do Ambulatório de dislipidemias do Instituto de Cardiologia Dante Pazzanese. Os pacientes foram submetidos à coleta de sangue, avaliação antropométrica e recordatório alimentar. O procedimento foi realizado duas vezes num intervalo de 30 dias para excluir variações aleatórias. Amostras de plasma e soro foram imediatamente utilizadas para determinação do perfil lipoprotéico (concentrações de colesterol total, LDL, HDL, VLDL, triacilgliceróis e glicemia) e oxidação do LDL-colesterol. Amostras armazenadas a -80oC serão utilizadas para determinação da atividade antioxidante total (FRAP, ORAC e DPPH), composição de ácidos graxos, concentração de malondialdeído e a-tocoferol. Os resultados serão utilizados para elaborar uma matriz (pacientes x biomarcadores + dieta) na qual serão aplicadas a análise em componentes principais e a análise de cluster. Esse procedimento permitirá identificar correlações entre os biomarcadores, assim como associações entre fatores dietéticos e a susceptibilidade ao stress oxidativo desse grupo populacional. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOTELHO, PATRICIA BORGES; FIORATTI, CYNTIA OKOSHI; ROGERO, MARCELO MACEDO; BARROSO, LUCIA PEREIRA; BERTOLAMI, MARCELO CHIARA; CASTRO, INAR ALVES. Association between diet and polymorphisms in individuals with statin-controlled dyslipidaemia grouped according to oxidative stress biomarkers. Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 48, n. 1, p. 39-49, JAN-MAR 2012. Citações Web of Science: 1.
BOTELHO, PATRICIA B.; FIORATTI, CYNTIA O.; ABDALLA, DULCINEIA S. P.; BERTOLAMI, MARCELO C.; CASTRO, INAR A. Classification of individuals with dyslipidaemia controlled by statins according to plasma biomarkers of oxidative stress using cluster analysis. BRITISH JOURNAL OF NUTRITION, v. 103, n. 2, p. 256-265, JAN 28 2010. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.