Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da tecnologia do carbono polimérico vítreo: obtenção, caracterização, aspectos fundamentais e aplicados

Processo: 08/09391-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2009 - 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Herenilton Paulino Oliveira
Beneficiário:Herenilton Paulino Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais  Sensores 

Resumo

As formas condutoras do carbono como grafite, carbono vítreo, nanotubos de carbono e diamante dopado com boro possuem propriedades elétricas, mecânicas e químicas que viabilizam um amplo espectro de aplicações em eletroquímica. Embora nos últimos vinte anos tenham surgido novos eletrodos de carbono como os resultantes das diferentes formas de funcionalização dos nanotubos de carbono, os eletrodos de carbono vítreo ainda despertam muito interesse nas mais diversas aplicações em eletroquímica e eletroanalítica. Outro tipo de material de carbono com excelente propriedade condutora e eletrônica é o carbono polimérico vítreo (CPV), entretanto, pouco explorado como material eletródico.Neste contexto, a presente proposta visa sintetizar materiais de carbono, com ênfase no carbono polimérico vítreo a partir de precursores poliméricos. Além da sistematização da síntese do CPV, será dada atenção especial no desenvolvimento de procedimentos para a obtenção de material de carbono com diferentes aspectos morfológicos (uso de "templates"), formas geométricas e modificado com íons metálicos, bem como na funcionalização da superfície do carbono. Deve ser salientado que estudos avaliando a potencialidade do CPV em eletrocatálise e como sensor também serão realizados. Neste contexto, a presente proposta visa sintetizar materiais de carbono, com ênfase no carbono polimérico vítreo, onde será empregada, inicialmente, a resina fenólica como precursor polimérico. Além da sistematização da síntese do CPV, será dada atenção especial no desenvolvimento de procedimentos para a obtenção de material de carbono com diferentes aspectos morfológicos (uso de "templates"), formas geométricas e modificado com íons metálicos, bem como na funcionalização da superfície do carbono. Deve ser salientado que estudos avaliando a potencialidade do CPV em eletrocatálise e como sensor também serão realizados. (AU)