Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do envolvimento do córtex pré-frontal medial de ratos nas respostas comportamentais observadas no modelo do lamber punido de Vogel: uma possível via receptores NMDA/ óxido nítrico e endocanabinoides

Processo: 09/03187-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2009 - 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Leonardo Resstel Barbosa Moraes
Beneficiário:Leonardo Resstel Barbosa Moraes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Ansiedade  Óxido nítrico  Glutamatos  Córtex pré-frontal  Sistema límbico  Endocanabinoides 

Resumo

O córtex pré-frontal medial (CPFM) é uma estrutura do sistema límbico envolvida com respostas autonômicas e comportamentais observadas durante reações de defesa. O funcionamento anormal do CPFM tem sido associado a diversas psicopatologias incluindo o transtorno de estresse pós-traumático e transtornos de ansiedade. Além disso, o CPFM modula respostas aversivas em ratos submetidos a modelos animais sensíveis a drogas ansiolíticas. A porção ventral do CPFM (vCPFM) é responsável pela influência do CPFM sobre a atividade autonômica e comportamental observadas durante reações de defesa. Estudo explorando o bloqueio não seletivo da neurotransmissão no vCPFM resultou em respostas do tipo ansiolíticas quando testado no modelo do lamber punido de Vogel (LPV), um dos modelos de ansiedade mais utilizados. No entanto, nenhum estudo até o momento investigou quais neurotransmissores no vCPFM podem estar envolvidos com essas respostas neste modelo. Dentre os neurotransmissores presentes no vCPFM o glutamato é descrito como tendo uma função importante tanto em respostas autonômicas como comportamentais associadas com situações aversivas. Além disso, essa função do sistema glutamatérgico esta diretamente relacionada com o sistema nitrérgico via ativação da isoforma neuronial da enzima que sintetiza o óxido nítrico (nNOS). Finalmente, tem sido descrito que o sistema endocanabinoide presente no vCPFM tem envolvimento com a modulação de respostas defensivas através de receptores CB1 e pode modular a liberação local de glutamato. Considerando que a ativação de receptores NMDA pelo glutamato é a principal via de ativação da nNOS e conseqüente produção de NO, e que a ativação de receptores CB1 modula a liberação de glutamato, o presente projeto tem como objetivo testar a hipótese de que o sistema glutamatérgico presente no vCPFM, atuando via receptores NMDA, e dependente da formação de NO, modularia as respostas comportamentais e autonômicas geradas pelo modelo do LPV. Além disso, testar se a manipulação do sistema endocanabinoide no vCPFM poderia mimetizar os efeitos observados com o NO. Para tanto, investigaremos os efeitos da administração no vCPFM de antagonistas de receptores NMDA, inibidor seletivo da nNOS e seqüestrador de NO, alem de inibidores da recaptação de anandamida (AEA, agonista endógeno de receptores CB1), inibidor da enzima que metaboliza a AEA e antagonista CB1 sobre as respostas comportamentais e autonômicas induzidas pelo LPV. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HOTT, SARA C.; GOMES, FELIPE V.; ULIANA, DANIELA L.; VALE, GABRIEL T.; TIRAPELLI, CARLOS R.; RESSTEL, LEONARDO B. M. Bed nucleus of the stria terminalis NMDA receptors and nitric oxide modulate contextual fear conditioning in rats. Neuropharmacology, v. 112, n. A, SI, p. 135-143, JAN 2017. Citações Web of Science: 9.
SCOPINHO, AMERICA A.; ALVES, FERNANDO H. F.; RESSTEL, LEONARDO B. M.; CORREA, FERNANDO M. A.; CRESTANI, CARLOS C. Lateral septal area alpha(1)-and alpha(2)-adrenoceptors differently modulate baroreflex activity in unanaesthetized rats. Experimental Physiology, v. 97, n. 9, p. 1018-1029, SEP 2012. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.