Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de microRNAs em células apresentadoras de antígenos estimuladas com RNAm e/ou DNA plasmideal

Processo: 09/00087-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2010 - 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Arlete Aparecida Martins Coelho-Castelo
Beneficiário:Arlete Aparecida Martins Coelho-Castelo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Vacinas de DNA  Terapia genética  MicroRNAs 

Resumo

O uso de moléculas gênicas como DNA plasmideal e RNAm têm se tornado uma nova abordagem em vacinologia, além de contribuir em modelos de terapia gênica. A ativação do sistema imunitário para indução de proteção é um processo chave dentro desse sistema. O conhecimento dos mecanismos envolvidos na ativação ou modulação de células do sistema imune permite o desenvolvimento de vacinas e terapias mais eficazes e seguras. Esse tipo de estratégia tem bem caracterizado o fenótipo de células T ativadas, pós profilaxia e/ou terapia em diferente sistemas. Alem disso, vários trabalhos mostram a importância da participação das diferentes populações de células apresentadoras de antígeno para ativação eficaz do sistema imune. O entendimento dos mecanismos envolvidos na ativação celular é um pré-requisito para o design de novas moléculas e abordagens cujo objetivo é a biossegurança, determinada pela diminuição das doses e rotas de imunização No entanto, os estudos envolvendo os mecanismos controle da ativação celular, estão mais restrito, até o momento, a sinalização intracelular e ativação gênica. O controle dessa ativação, nesses sistemas, é ainda muito pouco explorado e a elucidação de alguns desses mecanismos podem trazer contribuições importantes para o esclarecimento da ação dessas moléculas gênicas, de origem procarióticas, em células eucarióticas. Desse modo, o presente projeto visa determinar e avaliar a participação de microRNAs induzidos em células dendríticas após estimulo com RNAm e/ou plasmideal. O conhecimento de tais microRNA pode levar ao conhecimento da modulação e/ou exacerbação da resposta imune desencadeada após a imunização. Isso poderá resultar em remodelamento das seqüências usadas favorecendo a eficácia desse tipo de estratégia, além de contribuir com conhecimento básico extremamente relevante nesse campo de pesquisa (AU)