Busca avançada
Ano de início
Entree

Inteligência artificial aplicada na análise do comportamento de plantas medicinais do cerrado

Resumo

O bioma Cerrado é a maior savana do mundo. Sua compreensão, em termos de conservação e evolução, depende de estudo do cruzamento de inúmeras características do meio ambiente e das espécies, com um alto grau de complexidade. A Bioinformática tem auxiliado nos estudos de sistemas de ordem complexas através de técnicas de Inteligência Artificial, as quais possibilitam o cruzamento de características para análise e classificação de determinados estados. O objetivo desse projeto é o desenvolvimento de um sistema inteligente aplicado na seleção e na análise de características do meio ambiente e das plantas medicinais do cerrado que conduzem estas a um estado específico. Para isso, serão usadas técnicas de aprendizado de máquinas para a análise do grau de importância e relacionamento destas características na classificação de um estado. O sistema será desenvolvido para web, permitindo o acesso de diferentes grupos de pesquisadores. Inicialmente, o estudo irá abordar duas espécies: Stryphnodendron adstringente e Palicourea rígida. Os atributos serão obtidos a partir de dados de coletas em campo e ensaios laboratoriais. O sistema irá proporcionar um ambiente estruturado, no qual as informações obtidas sobre as plantas serão cadastradas e categorizadas pelo pesquisador, para que, a partir das mesmas, os algoritmos de aprendizado de máquinas possam ser treinados para selecionar características relevantes das plantas medicinais do cerrado. Irá auxiliar na busca por respostas a inúmeras dúvidas, tais como, quais características climáticas e do solo são importantes no desenvolvimento ideal da planta? Portanto, tais questões poderão ter o auxilio do sistema na tomada de decisão. (AU)