Busca avançada
Ano de início
Entree

Bases moleculares e celulares da diferenciação de castas em abelhas melíferas (Apis mellifera L., Hymenoptera)

Processo: 08/07231-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2009 - 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Klaus Hartmann Hartfelder
Beneficiário:Klaus Hartmann Hartfelder
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):10/01457-6 - Regulação hormonal de desenvolvimento de castas em abelhas, BP.TT
Assunto(s):Insetos  Hymenoptera  Abelhas  Insulina  Morte celular  Polifenismo  Expressão gênica 

Resumo

Plasticidade fenotípica é uma resposta adaptativa decorrente da interação genôtipo/meio ambiente durante o desenvolvimento de organismos. Em insetos sociais tal plasticidade se manifesta em fenótipos divergentes, as castas. Com o sequenciamento do genoma das abelhas melíferas, abordagens de genômica funcional agora facilitam investigações das bases moleculares e celulares do desenvolvimento das castas. No atual projeto investigaremos de forma integrada três aspectos do desenvolvimento de castas. O primeiro aspecto é a morte celular programada nos ovários das larvas. Este fenômeno. será investigado por meio de de bibliotecas subtrativas, seguidas da validação da expressão diferencial de genes associados ao desenvolvimento e à atividade diferencial dos ovários de rainhas e operárias. Também será investigado o papel de caderinas na formação dos folículos em rainhas e operárias adultas, por meio de anticorpos específicos a serem gerados a partir de ortólogos de caderinas de Apis mellifera. O segundo aspecto trata do desenvolvimento casta- e sexo-específico do olho composto. Este ponto será abordado em analises histológicas e da proliferação celular nas diferentes estruturas do olho em desenvolvimento, além de análises de expressão diferencial de genes candidatos, tais como o gene roughest, e de genes evidenciados com diferencialmente expressos por meio de bibliotecas subtrativas. No terceiro aspecto procuramos integrar o desenvolvimento diferencial destes orgãos com a coordenação hormonal geral do desenvolvimento pós-embrionário. Investigaremos especificamente a expressão de genes da via de sinalização por fatores insulina/insulina-like (IIS), o padrão de fosforilização dos receptores da via insulínica, e a interação desta via dependente das condições nutricionais com os hormônios morfogenéticos, o hormônio juveníl e ecdisteróides, que controlam e sincronizam a metamorfose. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AZEVEDO, SERGIO VICENTE; MARTINEZ CARANTON, OMAR ARVEY; DE OLIVEIRA, TATIANE LIPPI; HARTFELDER, KLAUS. Differential expression of hypoxia pathway genes in honey bee (Apis mellifera L.) caste development. JOURNAL OF INSECT PHYSIOLOGY, v. 57, n. 1, p. 38-45, JAN 2011. Citações Web of Science: 16.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.