Busca avançada
Ano de início
Entree

Treinamento físico aeróbio em pacientes com isquemia microvascular

Processo: 08/05356-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2008 - 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marcus Vinicius Simões
Beneficiário:Marcus Vinicius Simões
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):10/01344-7 - Treinamento físico aeróbico em pacientes com isquemia microvascular, BP.TT
08/10870-4 - Treinamento físico aeróbico em pacientes com isquemia microvascular, BP.TT
Assunto(s):Exercício físico  Microcirculação  Cardiologia 

Resumo

A presença de dor precordial com coronárias normais, Síndrome X, é uma entidade relativamente comum, que acarreta significativo grau de morbidade e exibe pobre resposta à drogas anti-isquêmicas. O mecanismo patogenético mais provável dessa síndrome compreende alterações da regulação do fluxo sanguíneo miocárdico a nível microvascular associadas à disfunção endotelial. Vários estudos tem demonstrado que o treinamento físico aeróbico pode melhorar a função endotelial. Contudo, o impacto dessa intervenção nos pacientes com isquemia microvascular ainda não foi avaliado. Este estudo tem por objetivo principal investigar o efeito do treinamento físico aeróbico sobre função endotelial e a perfusão miocárdica em pacientes com isquemia microvascular. O objetivo secundário consiste em estudar a repercussão da isquemia microvascular sobre a função ventricular esquerda durante esforço na condição basal e após treinamento físico. Serão investigados 20 pacientes com dor precordial associada à isquemia microvascular, caracterizada por: coronárias angiograficamente normais e defeitos perfusionais reversíveis no estudo cintilográfico de perfusão. Os pacientes serão submetidos à avaliação inicial compreendendo: ventriculografia de esforço, teste ergoespirométrico, avaliação da função endotelial, cintilografia de perfusão miocárdica. Após a avaliação inicial, os pacientes serão submetidos a treinamento físico aeróbico, em ciclo-ergômetro, três vezes por semana, durante 4 meses, seguindo-se nova avaliação com os mesmos métodos de investigação. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.