Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do equilíbrio estático e dinâmico e dos aspectos biomecânicos em mulheres entre 60 e 74 anos de idade.

Processo: 07/07606-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2008 - 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Daniela Cristina Carvalho de Abreu
Beneficiário:Daniela Cristina Carvalho de Abreu
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Eletromiografia  Biomecânica  Fisioterapia 

Resumo

As alterações nos sistemas sensorial (visão, somatossensitivo e vestibular), efetor (diminuição da força muscular, rigidez articular e redução da amplitude de movimento) e de processamento central (lentificação da velocidade de condução nervosa, contração conjunta de músculos antagonistas, oscilação estática aumentada) prejudicam o controle postural do idoso, aumentando os riscos de quedas e, consequentemente, de fraturas em ossos osteoporóticos. As quedas têm um significado muito relevante para os idosos, pois podem levar à perda da independência nas atividades de vida diária, isolamento social e declínio da saúde do idoso. Dentre as causas de quedas, as limitações biomecânicas precisam ser melhor compreendidas, especialmente naqueles idosos com história de quedas. Assim, este estudo tem o objetivo de avaliar o equilíbrio estático e dinâmico de mulheres idosas de diferentes faixas etárias, além de avaliar a interferência de alterações biomecânicas sobre o controle postural. As mulheres serão divididas em três grupos: Grupo 1 (n=20) que consistirá de mulheres entre 60-64 anos de idade, Grupo 2 (n=20) de mulheres entre 65-69 anos de idade e o Grupo 3 (n=20) de mulheres entre 70-74 anos de idade. O Grupo 4 (n=20) será formado por mulheres jovens, entre 20-30 anos, sendo que os resultados serão utilizados para comparação. Todas as voluntárias realizarão testes de equilíbrio estático (posição ortostática sobre solo firme e espuma, com olhos abertos e fechados) e dinâmico (subir e descer degraus, levantar e sentar e caminhar), teste de força muscular do quadríceps, isquiotibiais, tibial anterior e tríceps sural através do método de uma repetição máxima, avaliação da amplitude de movimento das articulações do tornozelo, joelho e quadril e análise do alinhamento postural através da fotogrametria. Os testes de equilíbrio serão realizados concomitantemente com a eletromiografia de superfície e a plataforma de força. Todas as mulheres realizarão exames de densitometria óssea da coluna vertebral e fêmur no momento de inclusão na pesquisa. Com o estudo, espera-se entender melhor as informações fornecidas pelas diferentes formas de análise do equilíbrio, assim como compreender melhor a repercussão das alterações biomecânicas no controle postural, o que auxiliará na escolha do melhor método para identificar os riscos de quedas e na elaboração adequada da intervenção terapêutica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PORTO, JAQUELINE MELLO; MIDORI NAKAISHI, ANA PAULA; CANGUSSU-OLIVEIRA, LUCIANA MENDES; FREIRE JUNIOR, RENATO CAMPOS; SPILLA, SALLUA BERLANGA; CARVALHO DE ABREU, DANIELA CRISTINA. Relationship between grip strength and global muscle strength in community-dwelling older people. ARCHIVES OF GERONTOLOGY AND GERIATRICS, v. 82, p. 273-278, MAY-JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
GOMES, MATHEUS M.; REIS, JULIA G.; NEVES, THAMIRES M.; PETRELLA, MARINA; DE ABREU, DANIELA C. C. Impact of Aging on Balance and Pattern of Muscle Activation in Elderly Women from Different Age Groups. International Journal of Gerontology, v. 7, n. 2, p. 106-111, JUN 2013. Citações Web of Science: 3.
REIS, JULIA G.; COSTA, GUSTAVO C.; SCHMIDT, ANDRE; FERREIRA, CRISTINE H. J.; ABREU, DANIELA C. C. Do muscle strengthening exercises improve performance in the 6-minute walk test in postmenopausal women?. BRAZILIAN JOURNAL OF PHYSICAL THERAPY, v. 16, n. 3, p. 236-240, MAY-JUN 2012. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.