Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do processo cicatricial na pele de camundongos deficientes em conexina 43: enfoque no remodelamento da matriz extracelular

Processo: 07/59764-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2008 - 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Maria Lucia Zaidan Dagli
Beneficiário:Maria Lucia Zaidan Dagli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Matriz extracelular  Cicatrização  Pele  Colágeno 

Resumo

As junções do tipo gap promovem a intercomunicação celular e desempenham um importante papel na regulação de diversos processos biológicos, sendo essencial para a homeostasia, sincronização de respostas, controle do crescimento e desenvolvimento tecidual. Estas junções são formadas por conexinas (Cx), as quais apresentam subtipos que se distribuem entre os diferentes tipos celulares. Na pele, as Cx26 e Cx43 são as mais representativas, sendo que a expressão e distribuição destas podem variar de acordo com os estágios de maturação e reparação tecidual. Estudos demonstraram que a Cx43 apresenta uma importante função no controle do processo fibrogênico na pele, pois sua diminuição está diretamente ligada ao aumento da deposição de colágeno durante o processo de reparação tecidual. E este fato corrobora com a diminuição da expressão de Cx43 presente nos fibroblastos provenientes de pacientes com cicatrizes quelóides. Sabe-se que a síntese e degradação da matriz extracelular (MEC) são imprescindíveis para a cicatrização tecidual e processos fibróticos crônicos, assim como na invasão tumoral e metástases. Desta forma, este trabalho visa analisar a expressão dos principais genes envolvidos no remodelamento da MEC durante o processo de cicatrização tecidual em animais deficientes em Cx 43. Outras análises serão realizadas, como a avaliação da cinética de cicatrização da lesão, histopatologia, imunofluorescência, imuno-histoquímica, microdissecção a laser e western blot para as principais conexinas e moléculas da MEC. Assim, a compreensão dos mecanismos envolvidos durante a síntese, deposição e degradação da MEC poderá permitir a aplicação de terapias que proporcionem um processo cicatricial de melhor qualidade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COGLIATI, BRUNO; VINKEN, MATHIEU; SILVA, TEREZA C.; ARAUJO, CINTIA M. M.; ALOIA, THIAGO P. A.; CHAIBLE, LUCAS M.; MORI, CLAUDIA M. C.; DAGLI, MARIA L. Z. Connexin 43 deficiency accelerates skin wound healing and extracellular matrix remodeling in mice. JOURNAL OF DERMATOLOGICAL SCIENCE, v. 79, n. 1, p. 50-56, JUL 2015. Citações Web of Science: 19.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.