Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise dos perfis de corticóides fecais em cachorros-vinagre (Speothos venaticus) mantidos em cativeiro

Processo: 07/07935-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2008 - 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Claudio Alvarenga de Oliveira
Beneficiário:Claudio Alvarenga de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Animais de cativeiro  Cachorro-vinagre  Esteroides fecais  Corticosteroides  Hidrocortisona 

Resumo

O cachorro-vinagre (Speothos venaticus) é um canídeo ainda pouco estudado, tanto a campo quanto em cativeiro, podendo ser encontrado na América Central e do Sul. Atualmente a espécie é classificada como vulnerável pela IUCN e está no apêndice I do CITES, dados que indicam alto risco de extinção na natureza. No Brasil, existem apenas trinta animais em cativeiro. Os esforços para a promoção do bem-estar animal estão aumentando e o estresse crônico, frequentemente observado em animais mantidos em cativeiro, causa efeitos deletérios à saúde animal, incluindo-se os aspectos reprodutivos. Os glicocorticóides são utilizados como indicadores biológicos da resposta neuroendócrina ao estresse em mamíferos. A dosagem de metabólitos de corticóides nas fezes é considerada um método não-invasivo, adequando-se desse modo às pesquisas com a espécie em questão. O levantamento dos perfis de corticosteróides fecais pode ser aplicado em estudos de monitoramento de estresse, sendo assim, útil para o melhoramento da saúde e do bem estar dos animais mantidos em cativeiro, além de representar uma ferramenta que pode ser utilizada para a conservação de animais de vida livre. (AU)