Busca avançada
Ano de início
Entree

Incidência de fraturas vertebrais e fraturas clínicas não vertebrais em uma população de indivíduos de 65 anos ou mais

Processo: 09/15346-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2010 - 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Rosa Maria Rodrigues Pereira
Beneficiário:Rosa Maria Rodrigues Pereira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/06569-2 - Incidência de fraturas vertebrais e fraturas clínicas não vertebrais em uma população de indivíduos de 65 anos ou mais, BP.TT
11/11289-6 - Incidência de fraturas vertebrais e fraturas clínicas não vertebrais em uma população de indivíduos de 65 anos ou mais, BP.TT
10/16079-7 - Incidência de fraturas vertebrais e fraturas clínicas não vertebrais em uma população de indivíduos de 65 anos ou mais, BP.TT
+ mais bolsas vinculadas 10/13757-4 - Incidência de fraturas vertebrais e fraturas clínicas não vertebrais em uma população de indivíduos de 65 anos ou mais, BP.TT
10/13424-5 - Incidência de fraturas vertebrais e fraturas clínicas não vertebrais em uma população de indivíduos de 65 anos ou mais, BP.TT
10/11349-6 - Incidência de fraturas vertebrais e fraturas clínicas não vertebrais em uma população de indivíduos de 65 anos ou mais, BP.TT
10/10277-1 - Incidência de fraturas vertebrais e fraturas clínicas não vertebrais em uma população de indivíduos de 65 anos ou mais, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Reumatologia  Osteoporose  Epidemiologia  Fatores de risco  Fraturas da coluna vertebral  Idosos 

Resumo

A osteoporose, embora seja um problema mundial de saúde pública, em parte devido ao aumento significativo do número de pessoas com idade maior que 65 anos, ainda é negligenciada em grande parte nos países subdesenvolvidos. Além da densidade mineral óssea (DMO) obtida pela densitometria, vários fatores clínicos são apontados como associados ao aumento do risco desta doença. Com o objetivo de melhor predizer o risco de fraturas em homens e mulheres, recentemente John Kanis iniciou um projeto de desenvolvimento de uma ferramenta de rastreamento do risco de fratura (FRAX). FRAXTM foi desenvolvido com o apoio da Organização Mundial de Saúde, com a participação de outras instituições como a International Osteoporosis Foundation, National Osteoporosis Foundation, International Society for Clinical Densitometry and American Society for Bone and Mineral Research. O objetivo desta ferramenta é identificar os indivíduos com baixa DMO (T-escore entre -1 e -2,5) que têm alto risco de fratura e, portanto, se beneficiariam do tratamento para osteoporose. Este instrumento tem sido amplamente utilizado no mundo auxiliando o médico na sua decisão de tratar ou não o paciente com risco de fratura. Para correta aplicação do FRAX, cada país deve conhecer sua epidemiologia para fraturas ligadas à osteoporose, seus desfechos, e taxas de mortalidade. Nesse sentido, a partir do trabalho original de Kanis et al no Reino Unido, o FRAX já foi adaptado para diversos outros países, porém não na população brasileira. Este projeto visa à realização de um estudo de incidência de fraturas vertebrais, fraturas clínicas não vertebrais e mortalidade em uma amostra de idosos da nossa população, cuja prevalência de fraturas e osteoporose foi previamente estudada (FAPESP # 03/09313-0). Além disso, serão analisados os fatores de risco para fraturas (idade, idade da menopausa, tabagismo, alcoolismo, atividade física, ingestão de cálcio, história familiar de OP, glicocorticóides, quedas, etc) nestes indivíduos e a partir destes dados iremos validar uma versão do FRAX (WHO Fracture Risk Assessment Tool) para a população brasileira. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACHADO, L. G.; DOMICIANO, D. S.; FIGUEIREDO, C. P.; CAPARBO, V. F.; TAKAYAMA, L.; OLIVEIRA, R. M.; LOPES, J. B.; MENEZES, P. R.; PEREIRA, R. M. R. Visceral fat measured by DXA is associated with increased risk of non-spine fractures in nonobese elderly women: a population-based prospective cohort analysis from the So Paulo Ageing & Health (SPAH) Study. OSTEOPOROSIS INTERNATIONAL, v. 27, n. 12, p. 3525-3533, DEC 2016. Citações Web of Science: 7.
DOMICIANO, DIOGO S.; MACHADO, LUANA G.; LOPES, JAQUELINE B.; FIGUEIREDO, CAMILLE P.; CAPARBO, VALERIA F.; OLIVEIRA, RICARDO M.; SCAZUFCA, MARCIA; MCCLUNG, MICHAEL R.; PEREIRA, ROSA M. R. Bone Mineral Density and Parathyroid Hormone as Independent Risk Factors for Mortality in Community-Dwelling Older Adults: A Population-Based Prospective Cohort Study in Brazil. The SAo Paulo Ageing & Health (SPAH) Study. Journal of Bone and Mineral Research, v. 31, n. 6, p. 1146-1157, JUN 2016. Citações Web of Science: 9.
MACHADO, K. L. L. L.; DOMICIANO, D. S.; MACHADO, L. G.; LOPES, J. B.; FIGUEIREDO, C. P.; TAKAYAMA, L.; OLIVEIRA, R. M.; MENEZES, P. R.; PEREIRA, R. M. R. Persistent hypovitaminosis D and loss of hip bone mineral density over time as additional risk factors for recurrent falls in a population-based prospective cohort of elderly persons living in the community. The Sao Paulo Ageing & Health (SPAH) Study. OSTEOPOROSIS INTERNATIONAL, v. 26, n. 5, p. 1535-1542, MAY 2015. Citações Web of Science: 3.
DOMICIANO, D. S.; MACHADO, L. G.; LOPES, J. B.; FIGUEIREDO, C. P.; CAPARBO, V. F.; TAKAYAMA, L.; OLIVEIRA, R. M.; MENEZES, P. R.; PEREIRA, R. M. R. Incidence and risk factors for osteoporotic vertebral fracture in low-income community-dwelling elderly: a population-based prospective cohort study in Brazil. The So Paulo Ageing & Health (SPAH) Study. OSTEOPOROSIS INTERNATIONAL, v. 25, n. 12, p. 2805-2815, DEC 2014. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.