Busca avançada
Ano de início
Entree

Marcadores teciduais no diagnóstico diferencial entre rejeição e recidiva de Hepatite C em pacientes transplantados de fígado

Processo: 08/10124-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2009 - 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Edson Abdala
Beneficiário:Edson Abdala
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transplante de fígado  Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa quantitativa (qRT-PCR)  Rejeição  Hepatite C  Infectologia 

Resumo

Introdução: Doença hepática avançada causada pelo vírus da hepatite C (VHC), na forma de cirrose ou carcinoma hepatocelular, é atualmente a principal causa de indicação de transplante de fígado no mundo. No entanto, mais da metade dos casos apresenta recidiva histológica em até um ano após o transplante. A biópsia hepática tem importante papel no diagnóstico da recidiva e orientação do manejo. No entanto, o diagnóstico diferencial com rejeição é geralmente difícil, pelas similaridades entre as duas situações. Como os tratamentos destas duas situações são opostos, com diminuição ou aumento de imunossupressão respectivamente, sua diferenciação histológica é de grande importância para o seguimento desses pacientes. Marcadores teciduais, como o C4d e a PCR quantitativa para o VHC, têm sido propostos como métodos auxiliares na diferenciação diagnóstica. Objetivo: Avaliar a acurácia de marcadores teciduais no diagnóstico diferencial entre rejeição aguda e recidiva de hepatite C em pacientes transplantados de fígado.Método: O estudo será realizado com amostras de biópsia hepática de 75 pacientes transplantados de fígado no período de 1997 a 2007 no Serviço de Transplante de Fígado Adulto do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP). Os casos serão selecionados de acordo com o diagnóstico histológico de consenso, e divididos em cinco grupos (rejeição com e sem recidiva do VHC, recidiva do VHC sem rejeição, controle positivo e controle negativo para rejeição). Será realizada revisão de prontuários para obtenção de dados demográficos e clínicos. Todas as amostras de biópsia hepática serão submetidas a imunohistoquímica para detecção de C4d e quantificação de RNA do VHC. Os seguintes desfechos serão comparados entre os grupos: presença de C4d no tecido hepático; quantificação de C4d no tecido hepático e quantificação de RNA de VHC no tecido hepático. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WAN SONG, ALICE TUNG; DE MELLO, EVANDRO SOBROZA; FERREIRA ALVES, VENANCIO AVANCINI; CAVALHEIRO, NORMA DE PAULA; MELO, CARLOS EDUARDO; BONAZZI, PATRICIA RODRIGUES; TENGAN, FATIMA MITIKO; FREIRE, MARISTELA PINHEIRO; BARONE, ANTONIO ALCI; CARNEIRO D'ALBUQUERQUE, LUIZ AUGUSTO; ABDALA, EDSON. Quantification of C4d deposition and hepatitis C virus RNA in tissue in cases of graft rejection and hepatitis C recurrence after liver transplantation. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 110, n. 1, p. 56-64, FEB 2015. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.