Busca avançada
Ano de início
Entree

Transmissão materno-fetal do vírus HIV1: efeito da sinalização via TLR7/8 na ativação de células dendríticas e no desenvolvimento da resposta T de mães infectadas por HIV-1 e de recém natos expostos e não infectados pelo vírus

Resumo

A transmissão vertical do vírus da imunodeficiência adquirida (HIV) pode ocorrer durante a gestação, parto ou amamentação e causar a infecção de 20 a 45% dos infantes na ausência de tratamento anti-retroviral. A terapia é altamente eficiente para reduzir a carga viral das gestantes e consequentemente a transmissão vertical do vírus, como tem sido observado em nosso país desde 2000 (Ministério da Saúde, DST-AIDS). Entretanto, o fato de que mais do que 65% dos infantes de mães infectadas que são expostos ao vírus e não se infectam na ausência de tratamento salienta a necessidade de estudo dos fatores relacionados ao hospedeiro, neste binômio mãe-filho. A ocorrência da exposição precoce ao vírus, onde o sistema imune fetal pode encontrar-se em desenvolvimento e a capacidade de resposta imune materna ao HIV são aspectos que podem ser determinantes no estabelecimento de imunidade protetora tanto no feto quanto no recém-nato. Vários aspectos imunológicos relacionados à interação mãe-infante na transmissão vertical do HIV e no impacto da exposição precoce ao vírus, mesmo sob tratamento anti-retroviral, necessitam de maiores investigações. Uma das primeiras linhas de defesa do organismo contra infecções virais é mediada por componentes do sistema imune inato, o que enfatiza a importância de estudar os aspectos iniciais da resposta imune, como a ativação das células dendríticas através de receptores Toll-like (TLR) relacionados à resposta anti-viral e sua influência no desenvolvimento da resposta adaptativa, em face ao déficit imunológico encontrado no período neonatal. A proposta deste projeto é avaliar o potencial de resposta aos agonistas de TLR 7 e/ou TLR8 e o seu efeito na resposta celular de mães infectadas pelo HIV e seu neonato (cordão umbilical) não infectado. Para tal, serão utilizados agonistas sintéticos como o imiquimode para ativar TLR 7, a fita simples de RNA viral (ssRNA40/LyoVec) para o TLR 8 e o composto C848 ligante das vias TLR7/8 para analisar a produção de interferon tipo I (IFN-α) e TNF-α, a frequência de células produtoras de IL-2 e IFN-γ aos peptídeos de HIV-1, ativação das DCs plasmocitoides, mieloides e monócitos de neonatos através da expressão de moléculas extra e intracelulares e sinalização intracelular de p38 MAP quinases e expressão de mRNA IRF 7. É proposta também avaliar nos neonatos o grau de ativação de células T CD4+ e CD8+ pela expressão de marcadores e de IFN-γ; intracelular. Em conjunto, estas avaliações poderão fornecer subsídios para estabelecer estratégias para novas formulações vacinais anti-HIV-1. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, NATALLI ZANETE; CARDOSO, ELAINE CRISTINA; DA SILVA OLIVEIRA, LUANDA MARA; DE LIMA, JOSENILSON FEITOSA; CALVIELLI CASTELO BRANCO, ANNA CLAUDIA; DE SOUZA AVEIRO RUOCCO, ROSA MARIA; ZUGAIB, MARCELO; DE OLIVEIRA FILHO, JOAO BOSCO; DA SILVA DUARTE, ALBERTO JOSE; SATO, MARIA NOTOMI. Upregulation of Innate Antiviral Restricting Factor Expression in the Cord Blood and Decidual Tissue of HIV-Infected Mothers. PLoS One, v. 8, n. 12 DEC 18 2013. Citações Web of Science: 9.
CARDOSO, ELAINE CRISTINA; PEREIRA, NATALLI ZANETE; MITSUNARI, GABRIELLE EIMI; DA SILVA OLIVEIRA, LUANDA MARA; RUOCCO, ROSA MARIA S. A.; VIEIRA FRANCISCO, ROSSANA PULCINELI; ZUGAIB, MARCELO; DA SILVA DUARTE, ALBERTO JOSE; SATO, MARIA NOTOMI. TLR7/TLR8 Activation Restores Defective Cytokine Secretion by Myeloid Dendritic Cells but Not by Plasmacytoid Dendritic Cells in HIV-Infected Pregnant Women and Newborns. PLoS One, v. 8, n. 6 JUN 27 2013. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.