Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da associação de raspagem e alisamento radicular e terapia fotodinâmica antimicrobiana no tratamento não-cirúrgico da periodontite agressiva

Processo: 08/06399-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2008 - 31 de maio de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Convênio/Acordo: CNPq - PPSUS
Pesquisador responsável:Arthur Belem Novaes Junior
Beneficiário:Arthur Belem Novaes Junior
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Periodontite  Fotoquimioterapia  Citocinas 

Resumo

Procedimentos cirúrgicos e não-cirúrgicos de raspagem e alisamento radicular podem ter resultados limitados em sítios não responsivos aotratamento periodontal ou em formas agressivas da doença periodontal. Não obstante, a literatura tem demonstrado o potencial antimicrobiano da terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT) contra bactérias periodontopatogênicas. Desta forma, o presente estudo visa analisar a ação complementar da aPDT ao tratamento não-cirúrgico de raspagem e alisamento radicular na descontaminação radicular e na modulação da resposta imuno-inflamatória e cicatricial dos tecidos periodontais. Serão selecionados 30 pacientes, previamente diagnosticados como portadores de periodontite agressiva e que apresentarem, no mínimo 4 dentes uni-radiculares com sítios periodontais mesial e distal com profundidade de sondagem maior ou igual a 5 mm. Sendo considerado no estudo, o modelo boca-dividida. A terapia de raspagem e alisamento radicular associada a aPDT constituirá o grupo teste, em que será empregada em 2 dentes uniradiculares. Os outros 2 dentes receberão somente raspagem e alisamento radicular, configurando o grupo controle. Os parâmetros clínicos serão avaliados através de uma placa guia em acrílico e mensurados através de uma sonda periodontal computadorizada no baseline e 90 dias, após o tratamento periodontal básico. Serão coletadas amostras do fluido gengival dos sítios mesiais e distais dos 4 dentes relacionados, no baseline, 7, 30 e 90 dias após tratamento e as concentrações de interleucina-1beta (IL-1beta), interleucina-10 (IL-10) e fator de necrose tumoral alfa (TNF-alpha) serão determinados pelo método ELISA. (AU)