Busca avançada
Ano de início
Entree

Prevalência de periodontopatógenos, dos vírus Epstein-Barr, citomegalovírus e herpes simples em saliva, bolsa periodontal e sangue periférico de pacientes HIV positivos com doença periodontal

Processo: 09/09870-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2009 - 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Luiz Antonio Pugliesi Alves de Lima
Beneficiário:Luiz Antonio Pugliesi Alves de Lima
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças periodontais  HIV  Herpesviridae  Periodontite 

Resumo

O hospedeiro infectado pelo HIV pode apresentar diversas alterações imunológicas locais e sistêmicas que provavelmente facilitam a precipitação de uma variedade de patologias incluindo as doenças periodontais (Lamster IB et al, 1998;Lucht E et al, 1991;Winkler JR et al 1988). Embora a relação entre saúde periodontal e infecção por HIV tenha sido extensamente estudada,muitos aspectos são ainda pouco entendidos (Robinson PG et al 2002). Sendo assim, a presença de placa bacteriana e periodontopatógenos específicos parecem desempenhar um papel secundário no desenvolvimento de doenças periodontais nesses pacientes. Além disso há controvérsias com relação à severidade da doença periodontal e a progressão da infecção pelo HIV. Estudos examinando a microbiota subgengival em sítios com doença periodontal têm mostrado similaridade entre pacientes HIV positivos e negativos,embora alguns estudos mostrem diferenças em proporção de certas espécies. (Murray et al 1991.Dentre as bactérias encontradas em indivíduos comprometidos sistemicamente as mais citadas são Porphyromonas gingivalis (Pg),Prevotella intermédia(Pi), Fusobacterium nucleatum (Fn), Aggregatibacter actinomycetemcomitans (Aa), Eikenella corrodens e Campylobacter rectus (Chattin BR et al 1999; Murray PA et al 1987; Murray PA et al 1988; Murray PA et al 1989; Zambon JJ et al 1990). Estudos recentes revelaram a participação dos vírus da família herpes na etiopatogênia da doença periodontal. Apesar de ainda não estar determinado o papel dos herpesvirus na etiopatogenia das doenças periodontais nesses indivíduos, a presença de níveis elevados desses virus nos tecidos periodontais pode favorecer o crescimento de periodontopatógenos, bem como de microorganismos oportunistas através da supressão dos mecanismos de defesa do hospedeiro (Shirai A et al 1992). Além disso tem sido demonstrado que a coinfecção na microbiota subgengival por diferentes espécies de herpesvirus pode aumentar os níveis de periodontopatógenos nos sítios com doenças periodontais. Os tipos mais freqüentes de virus associados à doença são o Epstein Barr 1, o citomegalovírus (HCMV), e, em menor escala o vírus herpes simples (HSV) e os herpes vírus humano (HHV-6, HHV-7 e HHV-8) (Contreras; Slots, 1996). São necessários ainda estudos para elucidar o papel dos herpesvirus na etiologia da doença periodontal em HIV positivos e a relação com periodontopatógenos e não há estudos associando a presença dos vírus EBV, HCM e HSV e periodontopatógenos em indivíduos HIV positivos com doença periodontal. Segundo Correa et al. em 1994 indivíduos imunocomprometidos tem mostrado uma maior associação com esses vírus e, a imunossupressão induzida por HIV é conhecida por facilitar a reativação desses microorganismos. (Faucci 1993). Este estudo objetiva determinar a prevalência e associação das bactérias Pg, Pi, Aa, Tanerella forsythia e dos vírus EBV, CMV e HSV na bolsa periodontal, saliva e sangue periférico de pacientes HIV positivos. Serão avaliadas amostras de saliva, sangue periférico e de biofilme da bolsa periodontal de 30 pacientes HIV positivos com Periodontite Crônica, 30 pacientes HIV positivos com gengivite, 30 indivíduos sistemicamente saudáveis com Periodontite Crônica e de 30 indivíduos sistemicamente e periodontalmente saudáveis. Será feita anamnese e avaliação clinica dos indivíduos, onde serão registrados os seguintes parâmetros: índice de sangramento à sondagem, profundidade clínica de sondagem e nível clínico de inserção em 6 sítios/dente com o auxilio de uma sonda periodontal. Através de pontas de papel estéreis serão coletadas amostras de biofilme da bolsa periodontal para detecção de DNA dos virus e bactérias propostos. A saliva não estimulada será coletada em coletor universal. A coleta de sangue periférico será obtida por venipuntura. Todos os resultados serão analizados através de PCR. Análise estatística apropriada será aplicada para análise dos resultados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GRANDE, SABRINA R.; IMBRONITO, ANA V.; OKUDA, OSMAR S.; PANNUTI, CLAUDIO M.; NUNES, FABIO D.; LIMA, LUIZ A. Relationship Between Herpesviruses and Periodontopathogens in Patients With HIV and Periodontitis. Journal of Periodontology, v. 82, n. 10, p. 1442-1452, OCT 2011. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.