Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da Terapia Antirretroviral Altamente Ativa (HAART) baseada em inibidores de protease (ip-haart) e inibidores de transcriptase reversa não análogos de nucleosídeos (itrnn-haart) na prevalência de lesões bucais associadas ao HIV/AIDS

Processo: 09/07386-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2010 - 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Karem López Ortega
Beneficiário:Karem López Ortega
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):AIDS  Manifestações bucais  HIV  Antirretrovirais 

Resumo

Os medicamentos antirretrovirais (ARV) são utilizados com a finalidade de impedir a replicação viral e consequentemente, manter a contagem de linfócitos T CD4+ estável e a carga viral (CV) baixa. Cada classe de medicamentos atua em diferentes etapas do ciclo de vida do HIV.No Brasil o Ministério da Saúde através do Programa Nacional de DST/AIDS disponibiliza para o tratamento do HIV/AIDS os medicamentos das seguintes classes farmacológicas: ITRN, IP, ITRNN e IF.As terapias HAART baseadas em inibidores de protease (IP-HAART) e inibidores da transcriptase reversa não nucleosídeos(ITRNN-HAART) são bastante eficazes no controle da replicação viral e conseqüentemente, no aumento do número de células T CD4+Regimes contendo IP estão associados a diversos efeitos adversos como diabetes, nefropatias, hepatopatias, osteonecrose, osteopenia, osteoporose, lipodistrofia, entre outras e a ITRNN-HAART apresenta maior risco de desenvolver resistência aos medicamentos, porém ainda não está claro se existem diferenças clínicas entre os dois regimes terapêuticos A diminuição das lesões orais associadas ao HIV/AIDS após terapia por HAART é atribuída à reconstituição do sistema imunológico, medida pela redução da carga viral e aumento dos linfócitos T CD4+ circulantes com a recuperação, pelo menos parcial, da atividade das células T.Os trabalhos pesquisados na literatura demonstram que após a introdução da HAART, ocorreu uma significativa redução na prevalência de lesões orais, porém, citam apenas a IP-HAART.A literatura científica relata os impactos da medicação HAART na recuperação do sistema imunológico, com consequente redução da morbidade e mortalidade dos pacientes em tratamento para o HIV/AIDS. Também são verificados diminuição de lesões orais associadas ao HIV, porém, não mencionam qual o regime terapêutico possui maior efeito na redução das mesmas.Assim,este trabalho tem o objetivo de avaliar a incidência de manifestações bucais após a terapia HAART com ITRNN e com IP. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.