Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da citotoxicidade do hipoclorito de sódio a 1%, da clorexidina a 2% e do endoquil sobre a funcionalidade de macrófagos peritoneais

Processo: 08/57279-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2008 - 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Giulio Gavini
Beneficiário:Giulio Gavini
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Toxicidade  Hipoclorito de sódio  Clorexidina  Macrófagos 

Resumo

O estudo avaliará o efeito citotóxico do hipoclorito de sódio a 1%, da clorexidina a 2% e do Endoquil sobre a funcionalidade de macrófagos peritoniais. Após anestesia e sacrifício de 50 camundongos Swiss machos, será realizada a coleta do exudato celular por meio da injeção e aspiração de meio de cultura estéril na cavidade abdominal dos animais. A toxicidade será avaliada em dois momentos: períodos de curto prazo (0, 6, 12 e 24 horas) e médio prazo (1, 3, 5 e 7 dias). As amostras serão tratadas pelo corante MTT, obtendo-se valores de absorbância em leitora ELISA 550nm. A liberação e síntese de cítocinas será realizada pelo método ELISA, por meio que kits comerciais próprios para cada citocina (IL-1a; IL-1b; IL-6 e TNF-α). Para a avaliação da liberação de IL-1a e IL-1b, as células serão inoculadas por períodos de 4 horas e 6 horas e para IL-6 e TNF-α, os tempos experimentais serão de 1 hora e 6 horas. Para a avaliação da síntese de óxido nítrico, os macrófagos peritoniais, juntamente com o meio e as soluções experimentais serão incubados na ausência ou presença de LPS por 24, 48 e 72 horas e, o meio de cultura será removido e congelado para posterior análise em analisador de óxido nítrico. A dosagem do peróxido de hidrogênio será realizada pela a conversão, dependente de peroxidase, do vermelho de fenol pelo peróxido de hidrogênio em composto colorido quantificado em leitor ELISA 620 nm. A morfologia dos macrófagos será avaliada em Microscópio Eletrônico de Transmissão e pelo teste Annexin-V. Os valores obtidos, as médias e desvios-padrão serão analisados em função dos grupos e tempos experimentais. Os dados serão submetidos ao teste estatístico de análise de variância e, quando necessário, complementados pelo teste de Tukey. As diferenças estatísticas serão consideradas significantes ao nível de 0.5%. (AU)