Busca avançada
Ano de início
Entree

Doenças infecciosas: epidemiologia e diagnóstico

Processo: 08/58288-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2009 - 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Marina Baquerizo Martinez
Beneficiário:Marina Baquerizo Martinez
Instituição-sede: Hospital Universitário (HU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Acinetobacter  Doenças transmissíveis  Farmacorresistência bacteriana 

Resumo

Nos últimos anos, no país como um todo, as doenças classificadas como DIP têm apresentado valores próximos a 10% do total de internações, sendo estes mais elevados nas regiões Norte e Nordeste. Em 2001, continuaram predominando e representaram 60% do total de internações (70% dos quais na região Nordeste). E a quarta causa de internações na região Sudeste. Uma das principais causas de internação tanto de adultos como de crianças são meningites, pneumonias e septicemias. Os agentes etiológicos bacterianos destas doenças são diversos e a susceptibilidade parece variar com a idade, onde são encontrados grupos distintos de microrganismos afetando recém-nascidos, crianças e adultos. Os principais agentes são S. agalactiae, E. coli, H. influenzae, N. meningitidis e S. pneumoniae. A doença infecciosa adquirida no ambiente hospitalar é outra entidade tão ou mais importante como causa de mortalidade e morbidade do que as doenças anteriormente aqui descritas. Estima-se que no Brasil, a incidência de infecções hospitalares atinge valor superior a 1,2 milhões por mês. Um dos principais problemas é a multi-resistência relacionada ao Acinetobacter baumannii, que estão relacionados a surtos de IH em todo o mundo. Este estudo tem como objetivos (i) determinar os sorotipos capsular de Streptococcus pneumoniae por Multiplex-PCR seqüencial; (ii) detectar N. meningitidis, S. pneumoniae, S. agalactiae e H. influenzae por PCR em tempo real em amostras de liquor, (iii) caracterizar fenotípica e genotípicamente as amostras bacterianas do complexo A. calcoaceticus-A. baumannii resistentes aos carbapenêmicos isoladas de pacientes do HU-USP. Este projeto permitirá também a implantação de um laboratório de biologia molecular no SLC-HU, que será vital para que a pesquisa dê um salto de patamar nesta instituição. (AU)